Governo Bolsonaro planeja submeter motoristas a teste do “drogômetro”

Aparelhos que detectam até oito tipos de entorpecentes por meio da análise da saliva já estão em fase de testes

Além de passarem pelo bafômetro, motoristas poderão ser testados para o uso de drogas

Além de passarem pelo bafômetro, motoristas poderão ser testados para o uso de drogas (Reprodução/Internet)

Se nos últimos anos a fiscalização nas ruas já tinha se intensificado com a Lei Seca, que completou 10 anos em 2018, os motoristas infratores deverão ter mais um motivo para se preocupar no atual governo de Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao jornal O Globo, o chefe da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), Luiz Roberto Beggiora, afirmou que além de autuar os condutores que consumiram bebida alcoólica, a fiscalização também fará testes para detectar o uso de drogas.

Aparelhos irão analisar a saliva dos motoristas

Aparelhos irão analisar a saliva dos motoristas (Reprodução/Internet)

“Além dos etilômetros, que detectam o uso de álcool, já popularizados nas blitzes de trânsito como ‘bafômetros’, a ideia é implantar os ‘drogômetros’, capazes de identificar se o condutor utilizou maconha, cocaína, ecstasy e outros entorpecentes. Quatro aparelhos com tecnologia estrangeira estão sendo considerados em estudo”, explicou.

Os aparelhos analisam uma amostra de saliva para acusar a presença de entorpecentes, detectando o uso recente de alguma substância ilícita. Esse tipo de fiscalização já é feito em países como Estados Unidos, França e Itália.

Ainda segundo a reportagem, o governo estuda uma alteração na legislação para determinar níveis de dosagem e penalidades aplicáveis, mas ainda não há prazos para a implantação do “drogômetro”.

No Código de Trânsito Brasileiro atual, “dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência” é considerado infração gravíssima, com multa de R$ 2.934,70, sete pontos na CNH, apreensão do veículo, suspensão do direito de dirigir e até prisão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s