Clique e assine por apenas 8,90/mês

Qual a diferença entre tração 4WD e tração AWD?

Siglas são utilizadas pelas marcas para denominar sistemas diferentes de tração 4x4

Por Da Redação - Atualizado em 16 jun 2017, 19h43 - Publicado em 2 jan 2017, 15h29
Tração integral do Audi Q7

Qual a diferença entre tração 4WD e tração AWD? – Roberto Justino, Goiânia (GO).

Essa é uma questão aparentemente simples, mas que permite mais de uma interpretação. Primeiro, vamos falar sobre o termo 4×4, que significa que, das quatro rodas existentes em um veículo, as quatro são motrizes (carros com tração apenas na dianteira ou na traseira, portanto, são sempre 4×2).

Em termos literais, todo automóvel 4×4 pode ser chamado de 4WD (4-wheel drive, ou tração nas quatro rodas) e AWD (all-wheel drive, ou tração integral), sem distinção.

Na prática, porém, a maior parte dos fabricantes adota a sigla 4WD para veículos com capacidade off-road, como jipes e picapes, que permitem ao motorista escolher o tipo de tração, que pode passar de 4×2 para 4×4 por meio de uma alavanca ou botão.

Em veículos desse tipo, a força do motor geralmente é enviada por igual a todas as rodas em moto 4×4. Isso pode ser um problema em curvas, pois a roda de fora sempre percorre uma distância maior do que a de dentro. Por isso, esse modo de tração não deve ser usado em estradas de asfalto, apenas em condições off-road.

Continua após a publicidade

Já a sigla AWD tradicionalmente é adotada por automóveis que possuem tração integral permanente, ou seja, sempre ativada. Tais sistemas conseguem variar o envio de torque de uma roda para a outra ou até de um eixo para o outro, aumentando a estabilidade e a aderência do veículo – como no caso de Mitsubishi Lancer Evo, Subaru WRX e a linha quattro da Audi.

Há uma série de variações técnicas e diferentes recursos dentro dessas duas linhagens básicas de tração integral sob demanda e permanente (como picapes com tração 4×4 permanente e veículos de passeio com tração 4×4 sob demanda).

Mais importante aqui, porém, é perceber que os termos 4WD e AWD podem ter outro entendimento.

Por exemplo: um veículo com três eixos (seis rodas) e tração em apenas dois eixos (quatro rodas) pode ser classificado como 4WD, mas não como AWD, pois nem todas as rodas são motrizes.

Continua após a publicidade

Já uma motocicleta com tração nas rodas dianteira e traseira (sim, elas existem) é um veículo AWD, mas não 4WD, pois não possui quatro rodas.

Publicidade