Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Por que compressor do ar-condicionado elétrico é pouco usado?

Os sistemas elétricos são mais eficientes e funcionam mesmo com o motor desligado

Por Da Redação
Atualizado em 11 Maio 2021, 15h56 - Publicado em 27 jun 2018, 10h07
ar condicionado
No Leaf, o compressor do ar-condicionado é elétrico (Divulgação/Nissan)

Por que os carros convencionais não utilizam o compressor do ar-condicionado elétrico, como no novo Nissan Leaf? Eles não trariam vantagens no consumo e na potência? – Edson Awaji, São Paulo (SP)

Porque seria caro. Os compressores elétricos, de fato, são mais eficientes e ainda funcionam mesmo com o motor desligado, o que é especialmente útil em modelos com start-stop.

Mas eles pedem o uso de baterias e fios de alta tensão, o que exigiria, além de um novo desenvolvimento elétrico, um acumulador exclusivo (bem mais caro) para o ar-condicionado.

E mesmo modelos equipados com novos protocolos elétricos, como os Audi A8 e Q8, abrem mão do compressor elétrico.

ar condicionado
A engenharia por trás do ar-condicionado está cada vez mais complexa (Divulgação/Audi)

Como a perda de potência por conta do compressor não sobe proporcionalmente ao tamanho do motor, a perda de rendimento em veículos com propulsores de alto desempenho não justifica o investimento extra.

Sai mais barato usar um compressor mecânico variável, que reduz a perda de potência do motor a combustão quando o ar-condicionado é menos exigido.

E já existem soluções para mitigar o incômodo do ar-condicionado desligado em carros com start-stop. Algumas empresas vêm desenvolvendo trocadores de calor maiores, que acumulam mais frio para garantir a refrigeração da cabine no período em que o motor está desligado.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.