Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Como é possível um carro seguir andando com motor desligado a 100 km/h?

Correio técnico: sistema híbrido parcial já está presente em modelos nacionais e economiza ainda mais combustível

Por Rodrigo Ribeiro
Atualizado em 1 jul 2021, 15h01 - Publicado em 5 abr 2019, 14h16
Classe C é produzido na fábrica de Iracemápolis (SP)
Classe C é produzido na fábrica de Iracemápolis (SP) (Divulgação/Mercedes-Benz)

Como o novo Mercedes-Benz Classe C EQ Boost faz para manter tudo funcionando quando o motor é desligado em alta velocidade? – Flávia Bittencourt, Curitiba (PR)

Usando um controle eletrônico avançado e o essencial sistema elétrico de 48V. O conceito básico é o mesmo do start-stop convencional: desligar o motor em situações em que ele não é necessário.

O Mercedes-Benz Classe C EQ Boost usa um motor elétrico conectado ao virabrequim, por isso é um mild-hybrid, ou híbrido parcial. Nele, o propulsor a combustão é cortado mesmo em altas velocidades.

Continua após a publicidade
Nos híbridos parciais o alternador também assume a função de motor de arranque
Nos híbridos parciais o alternador também assume a função de motor de arranque (Divulgação/Mercedes-Benz)

Só que, para isso, é preciso manter todas as assistências ao motorista (direção elétrica, condução semiautônoma, faróis, vácuo do servofreio e ar-condicionado) e garantir a lubrificação do trem de força.

A solução é usar um motor elétrico, que também tem função de alternador, para alimentar esses sistemas. E, como a demanda por eletricidade sobe, o sistema de 48V, quatro vezes maior que o convencional, é crucial.

Continua após a publicidade

Se o sistema entender que é necessária uma força extra, como ao acionar o acelerador ou a carga da bateria cair muito, o motor a combustão é religado automaticamente.

Sem nhim-nhim-nhim

Além da possibilidade de desligar o motor em altas velocidades, uma das características marcantes dos carros parcialmente híbridos é som da partida.

Neles o motor a combustão é ligado pelo próprio motor elétrico, conectado ao conjunto por uma correia. Isso faz com que o carro ligue sem o característico ruído metálico produzido pelo motor de arranque e o bendix.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.