Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Tá chiando por quê?

Por Redação 25 jun 2012, 11h43

Por Péricles Malheiros

56 041

Ainda carregado de elogios pela boa forma, o enxuto 3008 deixou para o fim de sua jornada no Longa Duração uma rara manifestação de defeito. O problema revelou-se quando o carro estava com o revisor de texto Renato Bacci: “Notei um chiado breve, semelhante ao de uma correia patinando, nas retomadas. Toda vez que o câmbio reduzia uma marcha, o ruído era ouvido”, disse.

Como o comportamento do carro não se alterou nem houve qualquer sinal de alerta no painel, o 3008 foi rodando até a oficina do nosso consultor, Fabio Fukuda. “O ruído vem do rolamento da polia tensora da correia que aciona o alternador, a bomba da direção hidráulica e o compressor do ar-condicionado. É um defeito raro, mas não é grave. Se ocorrer, o travamento da polia só acontece depois de algum tempo e a consequência é a perda de função dos acessórios ligados a ela. Nada que imobilize o carro”, disse.

Ainda que o reparo não seja urgente, levaremos o 3008 à rede Peugeot para uma vistoria oficial. Se necessário, faremos o conserto antes do desmonte.

Renato também era o dono da chave do 3008 quando um carro, em manobra, atingiu de raspão a lateral traseira esquerda. “O 3008 estava estacionado na rua. Testemunhas anotaram a placa do Sandero que o atingiu”, diz. O reparo do pequeno dano foi desaconselhado por duas oficinas visitadas. “A área amassada é minúscula e uma cerinha vai eliminar a maioria das marcas deixadas. O serviço de funilaria ficaria caro e exigiria a repintura de todo o para-lama. Mesmo que seja muito bem feito, o conserto poderá ser detectado por um especialista, o que desvalorizaria o carro numa eventual revenda”, disse o atendente daVictoire. Seguimos a dica do técnico da Peugeot e, de fato, após o enceramento da área atingida, o que sobrou foi uma marca quase imperceptível. Desistimos do reparo.

Continua após a publicidade

Consumo

No mês (34,2% na cidade): Gasolina – 11 km/l

Desde mar/11 (33,9% na cidade): Gasolina – 9,7 km/l

Principais ocorrências

55295 km – Ruído proveniente do rolamento da polia tensionadora da correia.

Esbarrão no para-lama: bastou uma cerinha para as marcas praticamente sumirem.

Continua após a publicidade

Publicidade