Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Qualidade descarrilada

Por Redação 10 jan 2014, 11h21

Por Péricles Malheiros

14 117 km

A concessionária Paris fez, no mês anterior, a revisão dos 10 000 km. Na ocasião, reclamamos da buzina, que enfrentou uma crise de rouquidão, e da barulheira do tampão do teto panorâmico. Condenados pela Paris, a troca dos dois itens (em garantia) só pôde ser feita após o fechamento da edição anterior. Quanto à buzina, tudo bem: ela voltou a funcionar em alto e bom som. Mas foi na hora de eliminar os ruídos do tampão retrátil do teto panorâmico que a marca derrapou. Apesar de a concessionária alegar ter feito a substituição de todo o conjunto (trilhos e tampas), ela apenas amassou os trilhos em alguns pontos, sobretudo na região dianteira. De fato, ao reduzir o espaço entre os trilhos, a vibração das tampas também diminuiu. Ainda assim, estamos longe de ficar satisfeitos: “O aspecto do reparo, com os trilhos amassados, ficou horrível. Os tampões, quando abertos, continuam vibrando e fazendo barulho – e ainda sujaram o tecido do teto”, disse o editor Péricles Malheiros.

O fotógrafo Marco de Bari foi um dos primeiros a assumir o 208 após os reparos da Paris. E o Peugeot caiu logo numa prova de fogo, servindo de carro de apoio na cobertura do GP Brasil de Fórmula 1, no fim de novembro. “Acompanhar uma corrida de F-1 exige muitos equipamentos. São cerca de 50 kg, suficientes para encher o porta-malas”, diz Bari. Marcio Ishikawa, editor do site QUATRO RODAS, fez sua análise dos serviços da Paris: “Com o tampão fechado, de fato, o barulho praticamente sumiu. Mas basta mover a peça para trás para reencontrar a barulheira”.

Depois dirigir o 208 (com quatro pessoas a bordo) no trânsito de São Paulo, numa tarde em que os termômetros de rua apontavam 37˚C à sombra, o diretor de redação, Sérgio Gwercman, disse: “Tudo bem que hoje está quente, mas o ar-condicionado não deu conta de refrescar a cabine”. Vamos monitorar o sistema: se ele voltar a dar sinais de baixa performance, buscaremos a rede Peugeot antes da próxima revisão.

Consumo

No mês (24,5% na cidade) – Etanol 9,3 km/l
Desde ago/13 (36,9% na cidade) – Etanol 8,7 km/l

Continua após a publicidade

Principais ocorrências

7 677 km Tampa do teto vibra e faz barulho.
9 618 km Buzina com som rouco e abafado.

Diário

651_longapeu_02

Em viagem de fim de semana, 208 estica até a Serra da Bocaina, no interior de São Paulo | Em vez de consertar os trilhos do tampão do teto, concessionária optou por amassá-los

Continua após a publicidade

Publicidade