Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Longa Duração: Kicks passa pelo último teste antes do desmonte

Às vésperas de se despedir da frota de Longa Duração, Kicks é submetido à simulação de vendas e ao último teste de pista

Por Péricles Malheiros 1 nov 2017, 17h58
Kicks na rede Nissan teve ofertas de até R$ 77 mil Silvio Gioia/Quatro Rodas

Está chegando a hora da despedida do Kicks: com 60.000 km no painel e apenas o desmonte à frente, o SUV foi levado a lojas e concessionárias, num exercício de venda, feito para aferir sua receptividade no mercado de usados – e, consequentemente, seu índice de desvalorização.

A primeira concessionária visitada foi a Sinal, onde compramos nosso Kicks, em setembro de 2016. Decepção total: oferta de apenas R$ 67.500 – acima apenas dos R$ 66.000 da Decarli e dos R$ 67.000 da Ford Sonnervig.

Na tabela de carros usados da Fipe, o Kicks SL 2017 (leia avaliação completa aqui), igual ao nosso, está cotado em R$ 83.320. Mas vimos que na rede Nissan também há quem valoriza o que vende.

Aos 60.000 km, Kicks está pronto para o desmonte Silvio Gioia/Quatro Rodas

Na Itavema, ouvimos a oferta de R$ 73.000 e na Fuji, uma de bons R$ 75.000. Toda a simulação de venda é feita com nosso carro dado em troca por um novo.

Nas concessionárias das marcas rivais, as cotações foram tão variadas quanto nas da Nissan. Fingindo ter interesse em um EcoSport zero-quilômetro, visitamos a Ford Sonnervig, que propôs apenas R$ 67.000.

Continua após a publicidade

Depois, demonstrando intenção de trocar nosso Kicks usado por um Creta, um Renegade e um HR-V, vimos as ofertas subirem: respectivamente, R$ 71.000 na Hyundai Caoa, R$ 72.000 na Jeep Sinal e R$ 75.000 na Honda Dealer.

Em nossa passada por lojas independentes, além dos R$ 66.000 da Decarli, ouvimos outras duas ofertas pouco interessantes: R$ 67.500 na ComfortCar e R$ 70.000 na Metram.

Outra missão de despedida levou o Kicks até o nosso campo de provas, em Limeira (SP), onde passou por uma bateria completa de testes, igual à que foi submetido no início da jornada, aos 1.000 km.

A comparação dos resultados (veja quadro comparativo abaixo), com bons números na segunda passagem, pode indicar saúde plena do SUV. Mas o diagnóstico final só poderá ser dado mesmo após o desmonte.

Bolsa de valores

  • Valor em setembro de 2016 – R$ 91.840
  • Valor atual do modelo novo – R$ 96.750
  • Valor do usado na Tabela Fipe – R$ 83.320
  • Melhor oferta na simulação – R$ 77.000
  • Pior oferta na simulação – R$ 66.000

Teste de pista (com etanol)

994 km 60.002 km
Aceleração de 0 a 100 km/h 12 s 11,7 s
Retomada de 40 a 80 km/h 5,4 s 5,1 s
Retomada de 60 a 100 km/h 7,3 s 6,8 s
Retomada de 80 a 120 km/h 9,3 s 9,4 s
Frenagens de 60 / 80 / 120 km/h a 0 17/28,9/67,7 m 18,2/29,9/67,8 m
Consumo urbano 8,8 km/l 9,1 km/l
Consumo rodoviário 10,5 km/l 11,1 km/l

Nissan Kicks – 60.255 km

Consumo

  • No mês: 8,5 km/l com 55,4% de rodagem na cidade
  • Desde set/16: 8,3 km/l com 23,1% de rodagem na cidade
  • Combustível: flex (etanol)

Gastos no mês

  • Combustível: R$ 573

Ficha técnica

  • Versão: SL 1.6 16V
  • Motor: 4 cilindros, dianteiro, transv., 1.598 cm³, 16V 114 cv a 5.600 rpm, 15,5 mkgf a 4.000 rpm
  • Câmbio: automático, CVT
Continua após a publicidade

Publicidade