Clique e assine por apenas 8,90/mês

Longa duração: buracos seguem causando prejuízos no Fiat Mobi

Mobi chega à segunda metade de sua jornada após seis meses na frota de Longa Duração

Por Péricles Malheiros - Atualizado em 1 fev 2017, 17h00 - Publicado em 1 fev 2017, 15h18

Depois de passar por revisão em Limeira e Mogi das Cruzes, ambas em São Paulo (e ambas com direito à clássica empurroterapia), resolvemos renovar os ares do compacto. Desta vez, a manutenção foi feita em Curitiba (PR), na Fiat Florença.

Além da revisão em si, pedimos que fossem feitos alinhamento, balanceamento e rodízio dos pneus, serviços pelos quais foram cobrados o valor promocional de R$ 97 – nas duas revisões anteriores, eles custaram R$ 145 e R$ 160.

A revisão saiu por R$ 607. Aproveitamos a estada em Curitiba para presentear o Mobi com a aplicação de película de controle solar nos vidros, a um custo de R$ 180.

Feita a revisão, o Mobi voltou para São Paulo. E foi direto para a verificação dos serviços prestados. “Os filtros de ar e óleo, além do lubrificante do motor e velas, foram, de fato, trocados”, disse o consultor Fábio Fukuda.

Continua após a publicidade
Mobi chega a 30.000 km, metade de sua jornada
Mobi chega a 30.000 km, metade de sua jornada Silvio Gioia

De volta à ativa, o Mobi seguiu para uma viagem de 650 km, rumo ao interior de São Paulo. No meio do percurso, porém, um imprevisto. Ao passar por um buraco, um dos pneus saiu com um pequeno rasgo na lateral. A motorista Walkiria Giorgino, da área de atendimento ao leitor, colocou o estepe e encostou na primeira borracharia.

“O rapaz disse que o pneu tinha conserto. Fez uma vulcanização no local afetado, mas recomendou que eu continuasse a rodar com o estepe. Na hora, percebi que nem ele confiava no serviço”, disse Walkiria.

Por uma questão de segurança, QUATRO RODAS considera condenado o pneu com dano nos ombros. Pelo mesmo motivo, ao trocar um pneu com mais de 20.000 km rodados, substituímos também o seu par de eixo.

A substituição por dois pneus iguais aos originais (Pirelli Cinturato P1 175/65 R14 82T) foi orçada em R$ 560 na Caçula de Pneus, R$ 550 na Casa Fernandes e R$ 446 na Valetão. Fechamos a compra na mais barata, que cobrou mais R$ 130 para a realização dos necessários alinhamento e balanceamento.

Continua após a publicidade

Consultadas, as concessionárias Sinal, Auguri e Andreta não dispunham dos pneus originais do Mobi.

Fiat Mobi – 35.027 km

Consumo

  • No mês: 10,4 km/l com 11,5% de rodagem na cidade
  • Desde out/16: 10,4 km/l com 20,3% de rodagem na cidade
  • Combustível: etanol

Gastos no mês

  • Combustível: R$ 2.515
  • Revisão: R$ 607
  • Alinhamento: R$ 227
  • Película: R$ 180
  • Borracharia: R$ 50
Publicidade