Clique e assine por apenas 5,90/mês

VW Taos tem solução para iPhone 12 sem carregador e mais itens atraentes

Imagens divulgadas pela Volkswagen revelam alguns detalhes do SUV médio que merecem destaque e dizem muito sobre o que está por vir

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 14 out 2020, 13h22 - Publicado em 14 out 2020, 13h13
SUV médio, VW Taos só chega ao Brasil no segundo trimestre de 2021 Divulgação/Volkswagen

Revelado na noite desta terça-feira (13), o Volkswagen Taos chega no segundo trimestre de 2021 ao Brasil cobiçando parte das vendas das versões a gasolina do Jeep Compass.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

Há toda uma sorte de equipamentos para ajudá-lo nesta meta, como piloto automático adaptativo, radar detector de pedestres, sistema de frenagem autônoma de emergência, detector de pontos cegos, sensor de tráfego traseiro e quadro de instrumentos digital.

Nada foi dito sobre o que será equipamento de série ou opcional, nem quantas versões terá. O que se sabe é que o SUV médio será posicionado entre o T-Cross Highline 1.4 TSI (R$ 122.390) e o Tiguan Comfortline 250 TSI (R$ 173.410). Mas as imagens divulgadas pela Volks revelam muito mais do que o nome da versão topo de linha do Taos – Highline, como de praxe. 

Só a versão brasileira tem trocas sequenciais no volante

Taos também terá o quadro de instrumentos digital lançado pelo Polo, e apenas a versão argentina tem modo seguencial no volante Divulgação/Volkswagen

O VW Taos fabricado na Argentina é mais fraco que o fabricado no México, mas tem trocas sequenciais no volante. A versão mexicana, que será exportada para os Estados Unidos e Canadá, terá motorização mais moderna: o 1.5 TSI de 160 cv e câmbio automático de oito marchas. Por aqui, o SUV médio usará o motor 1.4 TSI de 150 cv e câmbio automático de seis marchas.

Pelo menos duas portas USB-C

Nenhum dos Volkswagen vendidos no Brasil hoje têm portas USB tipo C, menores, que permitem que o conector seja inserido dos dois lados e que também são mais rápidas na transferência de dados e na recarga de aparelhos. O Taos fará a estreia com pelo menos duas localizadas no nicho à frente da alavanca do câmbio.

Recorte mostra as duas portas USB-C e detalhes do ar-condicionado de duas zonas Divulgação/Volkswagen

É uma ótima notícia para quem está interessado no novo iPhone 12. A nova geração do smartphone da Apple será vendido sem carregador de parede, apenas com um cabo USB-C, incompatível, portanto, com boa parte dos antigos carregadores de parede da fabricante. Quem tiver um Taos (ou algum carro de luxo mais recente) poderá recarregar o aparelho no carro sem problemas.

Ainda não há como saber se o SUV médio terá portas USB convencionais (USB-A) em um possível porta-objetos central ou para os passageiros do banco de trás, porém. Nem confirmar a informação de que ele teria carregamento sem fio, por indução.

Ar-condicionado dual zone

Os comandos do ar-condicionado do VW Taos são os mesmos do Tiguan e que vieram do Golf. Há controles para duas zonas de temperatura e também telas de cristal líquido para informar a temperatura em cada uma delas.

Bancos aquecidos

Na mesma área dos controles do ar-condicionado há botões para o sistema de aquecimento dos bancos dianteiros. É um equipamento mais útil na Argentina, mas que não deverá ser retirado. E também pode ser visto no Tiguan.

Continua após a publicidade

Faróis direcionais do Golf

Faróis IQ.Light apareceram primeiro no Touareg e já estão no Golf 8 Divulgação/Volkswagen

O grande destaque do Taos está nos faróis. Não por serem full-led, mas pela série de funções integradas a eles. O alcance é ampliado: no Touareg, passa de 150 metros (ou 230 no facho alto) para 550 m de alcance, além de ser mais largo (o que dispensa os faróis de neblina), além de sistema anti-ofuscamento multifunção (evita os carros em sentido contrário e também os na mesma direção) e de ter facho direcional. Chamados IQ.Light, esses faróis também estão no novo Golf. 

Faixa macia ao toque e porta-objetos no painel

Toda a área marrom na foto é macia ao toque Divulgação/Volkswagen

As imagens do Taos divulgadas pela Volkswagen foram geradas digitalmente, mas já é possível notar que o painel dele não será todo de material macio ao toque como no Jeep Compass ou no próprio Tiguan. A parte superior do painel, assim como parte das portas são de plástico rígido.

Há uma faixa central de plástico brilhante, repetindo a linguagem dos últimos carros da marca e, logo abaixo, uma faixa de material sintético macio ao toque que continua nas portas. É o que aparenta ser a grande melhora no acabamento do Taos na comparação com o T-Cross.

O Taos também não tem suporte de celular no topo do painel, como Polo, Virtus e Up!, mas ocupou o local com um porta-objetos que parece útil.

Modo neve

Central VW Play de 10,25 polegadas exibe o modo neve no Taos Divulgação/Volkswagen

Em uma das imagens da central multimídia é possível ver um floco de neve na central VW Play, que seria o acionamento do modo neve. Em geral, essa função força as saídas em segunda marcha e permitem que o conversor de torque escorregue mais, evitando que as rodas dianteiras destracionem em condição de baixa aderência.

A VW também fez questão de mostrar que o Taos terá modos de condução, assim como a versão 1.4 TSI do T-Cross. O motorista pode escolher entre modos Normal, Eco, Sport e Individual (personalizável).

Start-stop redundante

Há como desativar o start-stop na central ou em botão físico Divulgação/Volkswagen

A central VW Play também tem botão para desativar o sistema start-stop. Mas também há um botão físico no console próprio para ele. A propósito, o outro botão é o comando do freio de estacionamento eletrônico que, assim como no Jeep Compass, não tem função auto-hold.

Bicolor reforçado

Há plástico preto sem pintura ao redor de toda a carroceria Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen revelou o Taos na cor prata Mojave, também oferecida na Amarok (que, por sinal, é produzida na mesma fábrica). Ela reforça o teto pintado de preto e todos os apliques de plástico sem pintura que circundam a carroceria e que ganha destaque na frente do carro.

Leds na grade

Barra central da grade não é cromada, mas iluminada por leds Divulgação/Volkswagen

Há uma competição na dianteira do Taos entre a grande área com plástico preto brilhante e a barra de leds na grade interligando os faróis. Mas acreditamos que os leds têm maior probabilidade de serem replicados como acessórios para vários carros da marca futuramente.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade