Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW Golf G8 é registrado no Brasil após ser apresentado na Europa

Modelo foi registrado pela Volkswagen no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) nesta terça-feira (24). Qual será a versão que chega ao Brasil?

Por Renan Bandeira - Atualizado em 24 mar 2020, 14h06 - Publicado em 24 mar 2020, 12h30
INPI/Reprodução

O Volkswagen Golf saiu no relatório de desenhos industriais do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O modelo foi registrado pela marca alemã nesta terça-feira (24).

A nova linha do modelo foi oficialmente apresentada ao mundo no segundo semestre do ano passado, primeiro nas versões mais mansas, equipadas com motor 1.5 TSI de 150 cv.

No início deste mês, foram mostradas as versões esportivas GTI, GTE e GTD. Já as variantes R e GTI TCR devem ficar para o segundo semestre deste ano (isso se o coronavírus deixar).

Divulgação/Quatro Rodas

A nova geração do modelo ganhou um novo conjunto óptico em led, com luzes diurnas na parte inferior do farol. Na tomada de ar dianteira, cinco lâmpadas de cada lado da grade dão nova assinatura às luzes auxiliares.

Continua após a publicidade
Divugação/Volkswagen

Na traseira, as lanternas também são novas, mais esticadas, horizontais e em led. Na tampa do porta-malas, o nome do veículo dará lugar ao nome da versão.

O novo emblema da Volkswagen já equipa o modelo.

Ainda não se sabe os detalhes do veículo que será comercializado no mercado nacional, se é que virá mesmo. Atualmente, a marca comercializa aqui apenas o híbrido GTE da geração antiga.

Ambos exibem um interior em tecido xadrez, que lembra os Recaro que marcaram época nos Volkswagen esportivos vendidos no Brasil nos anos 80.

Continua após a publicidade
Divulgação/Volkswagen

O painel é dividido ao meio na horizontal pelas saídas de ar. Acima, estão: central multimídia de 10 polegadas e o painel de instrumentos de 10,25 polegadas totalmente digitais.

Como pode ser visto na imagem acima, os botões físicos estão presentes apenas no volante, portas e no console central, onde fica o câmbio e o freio de estacionamento eletrônico.

Em sua versão destinada à Europa, o veículo carrega de série: alerta de mudança de faixa, frenagem autônoma com detecção de pedestres, ar-condicionado digital e rodas de 17 polegadas – rodas de 18 e 19 polegadas são opcionais.

Divulgaçâo/Volkswagen

Por aqui, é possível que a Volkswagen opte por seguir oferecendo apenas as variantes mais apimentadas do Golf, como GTI e GTE, sempre importadas.

Continua após a publicidade

O já conhecido GTI seguirá usando o motor 2.0 turbo, porém, com 245 cavalos – 15 cv a mais que a última versão. Ele ainda terá duas opções de câmbio: manual de seis velocidades e dupla embreagem de 7 marchas.

No caso do GTE, um híbrido plug-in, o motor 1.4 turbo de 150 cv seguirá sendo utilizado com auxílio de um propulsor elétrico.

No entanto, agora o conjunto chega a 245 cv – 41 cv a mais que na geração anterior –  e terá câmbio seis velocidades com dupla embreagem.

Publicidade