Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Toyota Corolla perde Android Auto e Carplay por falta de semicondutores

A nova central, instalada nas concessionárias, tem tela de 10 polegadas, perde Android Auto e Apple CarPlay

Por Guilherme Fontana 13 set 2021, 13h40
Corolla Gazoo Racing Frontal
Toyota Corolla GR-S Fernando Pires/Quatro Rodas

A nova central multimídia com Android Auto e Apple Carplay foi uma das grandes novidades em conectividade nesta atual geração do Toyota Corolla, lançada no segundo semestre de 2019. Mas, procurando alternativas para driblar os efeitos da escassez de semicondutores, a Toyota voltou atrás: trocou a central multimídia do Corolla sem tais funcionalidades.

Na verdade, a central multimídia original dará lugar a outra, paralela e com menos funcionalidades, que será instalada nas concessionárias. A estratégia busca evitar ações como as da Volkswagen, que retirou a central multimídia de alguns de seus modelos.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

De acordo com a Toyota, desde o primeiro dia de setembro, todas as unidades do Corolla  produzidas em Indaiatuba (SP) saem da linha sem a central multimídia original, como forma de gerenciar a falta dos componentes eletrônicos.

  • Para não gerar uma espera pelos veículos ou entregá-los sem o equipamento, a Toyota passou a fornecer uma central até então disponível apenas como acessório de concessionária. Pela ocasionalidade, o equipamento será instalado na rede de concessionárias de forma gratuita, até que o fornecimento da central multimídia original seja normalizado. O item paralelo não será substituído pelo original posteriormente.

    Continua após a publicidade
    painel e volante Corolla Gazoo Racing
    Central multimídia original do modelo é menor e tem botões físicos, além de Android Auto e Apple CarPlay Fernando Pires/Quatro Rodas

    O problema, porém, está na baixa das funcionalidades oferecidas pela nova multimídia. Apesar de ser maior do que a original, com 10 polegadas, contra 8, e ter todos os comandos sensíveis ao toque, a central não oferece conectividade via Android Auto e Apple CarPlay.

    Para compensar, o sistema nativo Android da multimídia permite o uso de todos os aplicativos disponíveis para a plataforma, como aplicativos de navegação e música. Para usá-los, é preciso compartilhar a internet de um smartphone.

    Veja, na íntegra, a nota enviada pela marca:

    “A Toyota do Brasil informa que apesar de todos os esforços que têm realizado ao longo do tempo para gerenciar a falta de insumos que afeta a cadeia de suprimentos global, provocada pela pandemia de Covid-19, desde o dia 1º de setembro os veículos Corolla sedã produzidos na unidade de Indaiatuba (SP) estão saindo de linha sem a central multimídia original.

    Para evitar uma parada completa de produção e causar ainda mais desconforto aos clientes que precisariam esperar seus veículos por um longo tempo, a Toyota buscou um novo parceiro para fornecer este item, cuja instalação será feita na rede de concessionárias Toyota de todo o País.

    Dessa forma, a Toyota assegura seu compromisso de seguir produzindo carros cada vez melhores, além de garantir sua operação e a de sua cadeia funcionando neste momento atípico e de grandes dificuldades que o mundo enfrenta.”

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa quatro rodas 748 agosto 2021

    Continua após a publicidade
    Publicidade