Clique e assine com até 75% de desconto

Toyota Corolla híbrido começa 2020 R$ 4.000 mais caro e chega a R$ 135.000

Marca japonesa elevou preço de todas as versões do sedã médio na virada de ano, mas não ficou só nisso: Prius e Camry também estão mais caros

Por Daniel Telles Atualizado em 14 jan 2020, 08h00 - Publicado em 14 jan 2020, 07h00
Corolla Altis Premium Hybrid chegou a ter vendas suspensas ano passado, tamanho o número de pedidos Fernando Pires/Quatro Rodas

A Toyota aproveitou a virada de ano para reajustar os preços de praticamente toda sua linha.

Grande lançamento da marca no ano passado, o novo Corolla teve aumento nos preços de todas as suas versões.

Versão de entrada, GLi, teve reajuste menor, de R$ 2.000 Fernando Pires/Quatro Rodas

A de entrada, GLi, por exemplo, foi de R$ 99.990 em dezembro para R$ 101.990 em janeiro. A intermediária, XEi, recebeu o mesmo aumento e passou de R$ 110.990 para R$ 112.990.

O que mais chamou atenção, no entanto, foi o reajuste das versões de topo, que chegou a R$ 4.000. O Corolla Altis 2.0 a combustão saltou de R$ 124.990 para R$ 128.990.

Versões topo de linha com motorização híbrida e a combustão tiveram grandes reajustes Fernando Pires/Quatro Rodas

As duas versões híbridas receberam o mesmo reajuste. O Corolla 2.0 Altis Hybrid também chegou aos R$ 128.990 e o Corolla Hybrid Altis Premium foi de R$ 130.990 para R$ 134.990.

Toyota Prius teve reajuste de R$ 6.460 e agora custa exatamente o mesmo que o Corolla híbrido topo de linha Acervo/Quatro Rodas

Vale destacar ainda o grande reajuste sofrido por Prius e Camry. O híbrido Prius foi de R$ 128.530 para R$ 134.990, ou seja, o mesmo preço da versão topo linha do também híbrido Corolla.

  • Já o sedã Camry, que assim como o Prius é importado do Japão, teve o maior reajuste da linha, de quase 10%, indo de R$ 206.200 para R$ 225.990.

    Continua após a publicidade
    Publicidade