Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Toyota Camry pode perder liderança nos EUA

Participação de mercado caiu até 20% neste ano

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 12h45 - Publicado em 27 set 2013, 17h46
fabricantes

O reinado histórico do Toyota Camry no segmento de sedãs nos Estados Unidos pode acabar. Modelo mais vendido da marca por lá, ele já não goza do mesmo prestígio: em 2013, sua participação de mercado teve uma queda de aproximadamente 20%, ao mesmo tempo que rivais como Honda Accord, Nissan Altima e Ford Fusion cresceram.

A Toyota não está medindo esforços para tentar manter seu sedã na liderança. Em julho, a marca concedeu uma série de benefícios para vendas a frotistas e deu descontos às unidades destinadas a pessoa física. O problema é que a concorrência também está se mexendo: a Ford, por exemplo, dobrou a produção do Fusion para atender a demanda pelo carro.

Analistas de mercado afirmam que o alto nível de qualidade de seus concorrentes e o fato do Camry ser um ano mais velho que os demais podem culminar na possível perda da liderança. No entanto, todos os especialistas concordam que ainda é cedo para decretar a derrocada do sedã da Toyota, uma vez que ele lidera o segmento há 15 anos, tendo perdido a liderança apenas em 2001.

Continua após a publicidade

Publicidade