Segredo: Renault Logan aventureiro não vai se chamar Stepway no Brasil

Com motorização 1.6 CVT, sedã inaugurará era dos sedãs aventureiros no Brasil, mas seu sobrenome será diferente do irmão russo

Logan Stepway da Rússia virá com outro nome ao Brasil

Logan Stepway da Rússia virá com outro nome ao Brasil (Divulgação/Renault)

A Renault prepara para julho o lançamento da reestilização de Sandero e Logan no Brasil, conforme adiantado em primeira mão por QUATRO RODAS.

Também conforme antecipado, o Logan ganhará uma versão de caráter aventureiro, tal qual na Rússia, com apliques nas laterais de plástico similares aos do Sandero Stepway, já conhecido dos brasileiros.

Logan aventureiro (o Stepway russo) estreia opção de câmbio CVT

Logan aventureiro (o Stepway russo) estreia opção de câmbio CVT (Divulgação/Renault)

Só que agora vem a surpresa: conforme apurado por nossa reportagem junto a concessionários, o Logan aventureiro não se chamará Stepway no Brasil.

Assim, a alcunha Stepway continuará reservada à versão aventureira do hatch. Que, por sinal, abandonou o “Sandero” e passou a ser denominada apenas “Renault Stepway”.

Logan inaugurará segmento dos “sedãs aventureiros”

Logan inaugurará segmento dos “sedãs aventureiros” (Bruno Bittencourt/Quatro Rodas)

Talvez isso explique a decisão da marca. Se o Stepway foi promovido a modelo, e não mais uma mera versão, o Logan Stepway teria que receber o batismo “Stepway Sedan” para se alinhar ao hatch. E isso não parece fazer muito sentido.

E qual será seu nome? Isso ainda é uma incógnita, porque também não será Outsider, como no Kwid. O nome deve ser novo, e posicionar o Logan acima das versões Life, Zen e Intense.

Diferentemente do Sandero, a traseira manterá o visual atual

Diferentemente do Sandero, a traseira manterá o visual atual (INPI/Internet)

O Logan aventureiro virá equipado com o já conhecido motor quatro-cilindros 1.6 SCe flex, naturalmente aspirado, de 118 cv e 16,3 mkgf. A grande novidade é que estará acoplado o câmbio automático tipo CVT.

Também deve trazer de série controles eletrônicos de estabilidade e tração.

As versões mais básicas do Logan, Life, Zen e Intense, contarão com o propulsor três-cilindros 1.0 SCe de 82 cv e 10,5 mkgf, gerenciado por caixa manual de cinco marchas. O 1.6 também deve estar presente nelas, com opção manual ou CVT.

Atualizado às 16h50.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s