Clique e assine por apenas 8,90/mês

Segredo: novo Renault Captur terá visual exclusivo para o Brasil em 2021

SUV terá para-choque inspirado no europeu já aposentado, grade dianteira da nova geração e motor 1.3 turbo com 170 cv

Por Gabriel Aguiar - Atualizado em 19 set 2020, 01h25 - Publicado em 28 ago 2020, 07h40
Flagra confirma que o para-choque do nosso modelo será exclusivo Heloísa Prinholato/Quatro Rodas

Já falamos que o Renault Captur terá visual atualizado e motores turbo em 2021. Mas só agora descobrimos que, no Brasil, o SUV terá desenho exclusivo – como comprovam os flagras feitos pela leitora Heloísa Prinholato em São Paulo (SP).

Isso significa que, além de o modelo ter duas plataformas diferentes (de Clio, na Europa; e de Duster, para países emergentes), também apresentará três desenhos. Vale lembrar que a marca desenvolveu uma traseira exclusiva para o Sandero feito em nosso país.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Por dentro, o nosso SUV será praticamente igual à versão vendida na Rússia, que recebeu console central mais espichado ao lado do passageiro e central multimídia atualizada (que deverá ser igual àquela do Duster). Só que o volante será emprestado do Logan.

Frisos no capô terão detalhes como no Captur atual Heloísa Prinholato/Quatro Rodas

Do lado de fora, também haverá algumas influências da última reestilização para o mercado europeu – e que foi aposentada há quase um ano por lá. Isso porque os nichos de luzes auxiliares eram praticamente os mesmos que teremos na nossa configuração.

Continua após a publicidade

E se a principal influência para o desenho da dianteira veio da configuração que estreou no Velho Continente, em 2017, o nosso Captur terá uma pitada da nova geração. Afinal, virá do modelo mais recente a grade com o friso vincado.

Projeção do Autos Segredos adianta como será o visual do SUV Autos Segredos/Reprodução

As mudanças no desenho foram adiantadas na projeção cedida pelos parceiros do Autos Segredos, feita com base em flagras do SUV no Brasil, que também tinham faróis totalmente de led, como lá fora.

Em relação à lista de equipamentos, o Renault Captur deverá receber itens que existem no irmão Duster, como sistema de câmeras com 360 graus, alerta de ponto cego e direção com regulagem de profundidade.

Por fim, caberá ao utilitário estrear por aqui o motor 1.3 turbo desenvolvido em parceria com a Mercedes-Benz. Devidamente adaptado ao etanol, esse conjunto poderá até passar de 170 cv e 27 kgfm. Além disso, terá câmbio automático CVT.

Nichos para luzes auxiliares será inspirado na última reestilização do europeu Divulgação/Renault

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade