Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Primeiro híbrido flex do mundo será feito pela Toyota no Brasil em 2019

Anúncio foi feito nesta quinta-feira com a presença do presidente Michel Temer; carro com a tecnologia chega ao mercado no final do próximo ano

Por Thais Villaça 13 dez 2018, 14h54
Presidente Michel Temer participa do anúncio da Toyota sobre primeiro híbrido flex do mundo Divulgação/Toyota

A Toyota anunciou a produção brasileira do primeiro veículo híbrido flex do mundo nesta quinta-feira (13), em evento realizado em Brasília com a presença do presidente Michel Temer.

A marca fez questão de destacar o diferencial da tecnologia bicombustível, já que a primazia de produzir um modelo híbrido no Brasil é da Mercedes-Benz e seu C 200 EQ Boost.

Desenvolvida em parceria entre as engenharias do Brasil e do Japão, a tecnologia combina um motor a combustão bicombustível e um propulsor elétrico.

Steve St. Angelo, CEO da Toyota, apresenta o Prius flex a Temer Divulgação/Toyota

Com o desenvolvimento do projeto, a montadora se beneficia das novas políticas do recém-aprovado Rota 2030, que estimulam a produção de veículos mais eficientes, prevendo uma redução de 11% para 8% no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).

No primeiro trimestre do ano que vem, a Toyota vai divulgar mais detalhes sobre o local de fabricação dos motores e quais modelos receberão a tecnologia. O primeiro carro híbrido flex da marca chega ao mercado no final de 2019.

Novo Corolla é um forte candidato a receber a tecnologia híbrida flex em 2019 Divulgação/Toyota

Apesar de o Prius já rodar em testes desde março deste ano e ser praticamente certa a adoção da nova tecnologia no modelo, a empresa não confirma qual será seu primeiro híbrido flex.

Vale lembrar que a data coincide com o lançamento da nova geração do Corolla no país. O sedã é um forte candidato a receber os motores flex e elétrico, uma vez que também utiliza a plataforma modular TNGA, própria para receber sistemas híbridos. Além disso, o modelo já é vendido em outros mercados em versão híbrida.

  • A tecnologia também deve equipar um novo SUV nacional que a Toyota planeja para 2020. A marca cogitou trazer ou até mesmo fabricar o C-HR no país, mas o modelo ficaria muito caro. Dessa forma, a montadora desenvolve um carro exclusivo para o mercado brasileiro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade