Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Pelo mundo: o que os gringos acharam do novo SUV da Fiat?

Todos citaram as semelhanças com o Argo e alguns lamentaram que não têm chances de receberem o Progetto 363

Por Guilherme Fontana 6 Maio 2021, 18h10
Visão traseira do novo Fiat Progetto 363
Visão traseira do novo Fiat Progetto 363 Divulgação/Fiat

É muito improvável que alguém tenha passado a última terça-feira (4) sem ver ao menos uma foto do inédito SUV da Fiat na internet. Revelado na final do BBB21, o carro chamado provisoriamente de Progetto 363 finalmente apareceu após anos de suspense. Porém, ele não despertou a atenção apenas dos brasileiros, mas também de entusiastas do mundo todo.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90 

Em todas as publicações gringas a comparação do 363 com o Argo foi inevitável, apesar de a marca já ter esclarecido que o modelo será produzido sobre uma plataforma diferente nova, batizada de MLA. Outro destaque foi para a não divulgação do nome oficial, que será escolhido por votação popular. Separamos alguns comentários de sites internacionais sobre o SUV.

Para os russos da revista “Autoreview“, o SUV foi desenvolvido “com pouco sangue” (ou seja, sem muito esforço) por usar o Argo como base – apesar de a versão oficial da Fiat desmentir essa afirmação.

Ao mesmo tempo, a publicação diz que o modelo terá “muito mais diferenças” em relação ao hatch do que a versão aventureira Trekking. Eles também dizem que o 363 usará o motor 1.3 turbo da Stellantis, o que é improvável. Ele deverá usar o 1.3 aspirado do Argo e o novo 1.0 turbo – que será o mais potente do Brasil.

Fiat Progetto 363
O novo SUV da Fiat, provisoriamente batizado de Progetto 363 Divulgação/Fiat

Entre os comentários, há leitores que lamentam. “É uma pena que a Fiat não venha mais para a Rússia”, disse um deles, já que a marca só vende modelos comerciais por lá. Um outro leitor disse que o 363 seria “boa alternativa ao Hyundai Creta”, sem entender que se trata de um segmento inferior.

Continua após a publicidade
  • Os indianos também não têm chances de ver a novidade por lá, conforme lembrou os colegas do “Indian Autos Blog“. A então FCA, hoje Stellantis, encerrou as atividades da Fiat na índia e deixou apenas as operações da Jeep.

    A publicação elogia o desenho do Pulse/Domo/Tuo (ele poderá receber um dos três nomes), mas dispensa as duas saídas de escape falsas. Eles também apontam para o uso do motor 1.3 turbo e são corrigidos, nos comentários, por um leitor… brasileiro!

    Fiat Progetto 363 Detalhes Farol
    Faróis são full-led e DRLs se destacam na parte superior da peça, logo abaixo do friso metálico que atravessa a dianteira Divulgação/Fiat

    Na República Tcheca, o “Auto.cz” destacou a diferença de desenho do 363 em relação aos Fiat europeus e disse que “embora o novo SUV da Fiat seja um trabalho muito interessante, infelizmente não parece que o veremos na Europa”. Mesmo assim, a publicação deu um toque de esperança dizendo que eles poderiam estar errados e que a Stellantis reconsideraria os planos para leva o SUV ao país. Mas teve leitor que não gostou: “isso é realmente horrível”, disse um deles.

    Volante Fiat 363
    Volante do carro já havia sido apresentado reprodução/Fiat

    O modelo também foi definido como sendo “mais moderno por dentro e por fora” e “equipado com uma mecânica muito eficiente” pelo “Motor.es“, da Espanha. Isso mesmo sem conhecermos o interior e a mecânica do SUV. Para os espanhóis, o 363 tem uma “clara herança do Argo”, que é reforçada pela traseira.

    Ainda na Europa, os franceses do “L’Automobile Magazine” não deram muitas opiniões sobre o modelo especificamente, mas disseram que ele não chegará à França, “ao contrário do seu rival, o Volkswagen Nivus“. Na prática, porém, o contra-ataque da Fiat contra o Nivus ainda está por vir e deverá dar as caras, com sorte, em 2022. “Não tenho certeza se o modelo Fiat chega às nossas regiões. Afinal, esse nunca foi o caso com o Argo”, disse Hugo Dupont, autor do texto. 

    Por fim, fomos dar uma olhada no que os vizinhos do “Motorpasion México” disseram, já que há chances de receberem o 363 por lá. Ao contrário do que disseram os tchecos, os colegas mexicanos apontaram para inspirações de desenho nos modelos europeus da Fiat, mas repetiram que ele terá o 1.3 turbo. “Ele será apresentado no Brasil antes do final do ano e é muito provável que seja apresentado no México durante o ano de 2022″, completaram.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa Quatro Rodas 744 Abril 2021
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade