Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Volkswagen Taigo: Nivus adota novo nome e visual esportivo para a Europa

SUV cupê criado no Brasil será fabricado na Espanha com novo nome, mudanças no visual e até com versão R-Line

Por Henrique Rodriguez 30 mar 2021, 10h50
volkswagen-taigo
Divulgação/Volkswagen

O Nivus é o primeiro Volkswagen concebido e desenvolvido no Brasil que também será fabricado na Europa. Mas agora sabemos que receberá um novo nome no Velho Continente: Volkswagen Taigo.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Se a apresentação oficial do modelo está prevista apenas para o meio do ano, a Volkswagen ao menos divulgou esboços do SUV cupê que já insinuam o que mais será diferente nas versões fabricadas em Pamplona, na Espanha.

Na comparação com o Nivus fabricado em São Bernardo do Campo (SP), o Taigo tem moldura preta para os faróis de neblina que os integra à grade inferior. Além disso, os faróis full-led, que também serão de série na Europa, têm projetores.

volkswagen-taigo
Divulgação/Volkswagen

O logo “R” na grade insinua uma possível versão R-Line, confirmada na traseira pelo para-choque exclusivo, com uma larga faixa refletiva e que também engloba as saídas de escape duplas. Por fim, a versão europeia ainda terá uma faixa iluminada integrando as lanternas.

Continua após a publicidade
  • Convenhamos: será questão de tempo ver esses elementos diferentes sendo importados por proprietários de Nivus, tal como acontecia com a tampa do porta-malas de vidro dos Up! vendidos na Europa.

    volkswagen-taigo
    Divulgação/Volkswagen

    A Volkswagen ainda antecipou que o Taigo será equipado com uma série de sistemas de assistência e com motores TSI: o 1.0 TSI do Polo europeu, um pouco mais fraco que o do Nivus brasileiro, é praticamente certo para o carro mas também existe a expectativa pelo 1.5 TSI de 150 cv, justamente da versão R-Line.

    O modelo será uma alternativa ao T-Cross vendido na Europa, que tem exatamente o mesmo entre eixos do Nivus, 2,56 m – o T-Cross brasileiro tem 2,65 m de entre eixos. A grande diferença estará no design com pegada mais esportiva proporcionada pelo caimento do teto e pela altura 10 mm menor.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    capa 743

    Continua após a publicidade
    Publicidade