Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo SUV da Renault da Índia tem chances de ser feito no Brasil

Inicialmente, o veículo deverá ser lançado apenas para o mercado asiático. A previsão é que seu lançamento aconteça no segundo semestre do ano que vem

Por Renan Bandeira - Atualizado em 30 dez 2019, 12h50 - Publicado em 26 dez 2019, 12h04
Novo SUV terá menos de 4 metros com cinco lugares, usando a mesma plataforma do Kwid Kleber Silva/Reprodução

O CEO da Renault indiana, Venkatram Mamillapale, confirmou o lançamento de um SUV com menos de quatro metros para 2020.

Até o momento ele carrega o nome do projeto: HBC. Segundo Mamillapale, “o lançamento acontecerá no segundo semestre do próximo ano”.

O veículo compartilha a plataforma CMF-A com o subcompacto Kwid, o que é meio caminho andado para que a Renault do Brasil faça o carro por aqui também.

Embora oficialmente não haja nenhuma sinalização da empresa nesse sentido, o novo SUV que deriva de uma versão da plataforma alongada que chega aos 3,99 metros. igual a da Triber – minivan da marca vendida no mercado asiático, chegaria em nosso mercado posicionado entre Kwid (3,68 m de comprimento) e Duster/Captur (4,33 m), próximo ao Stepway (4,07 m) .

SUV deve compartilhar uma série de peças da minivan: Triber Kleber Sillva/Reprodução

Embora tenha 31 cm a mais que o Kwid, o SUV segue pequeno. A nível de comparação, o Renault Duster tem 4,33 metros de comprimento, ou seja, é 34 cm maior que HBC.

O motivo pelo comprimento é simples: veículos abaixo dos quatro metros pagam menos impostos e são mais procurados na Índia.

Em relação ao design, ele chega com a mesma cara do Kwid, porém segue as linhas dos SUVs atuais com DRLs alinhados a grade dianteira e os faróis um pouco abaixo.

As rodas serão de 16 polegadas e os apliques que contornam a caixa de roda serão em plástico preto.

A mecânica deverá ser compartilhada do Nissan Micra (equivalente ao March na Índia). Um motor de três-cilindros 1.0 turbo de 90 cv e 15,3 mkgf de torque com transmissão manual de cinco velocidades ou então um CVT de seis marchas.

Continua após a publicidade
Publicidade