Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Nissan Kicks pode ser vendido nos EUA

Marca pode eleger SUV como substituto do Juke por lá

Por Vitor Matsubara Atualizado em 1 jul 2021, 14h32 - Publicado em 21 jan 2016, 14h25

Nissan Kicks

A Nissan estaria “estudando seriamente” a possibilidade de vender o Kicks nos Estados Unidos. A informação foi revelada por um executivo da subsidiária da marca na América do Norte ao site WardsAuto.

“Obviamente identificamos oportunidades para vender crossovers compactos que não sejam modelos de nicho, assim como a Honda e outras vêm fazendo recentemente”, declarou Michael Bunce, vice-presidente de planejamento de produto da Nissan North America.

Segundo Bunce, o Kicks pode até ser menos potente, mas certamente seria mais barato do que o Juke, que hoje sai por US$ 20.250 na versão de entrada S e chega a US$ 25.240 na configuração SL. Executivos da marca já haviam manifestado o desejo de contar com um crossover mais acessível do que o Juke, visando concorrer justamente com alguns dos futuros rivais do Kicks no Brasil: Honda HR-V, Jeep Renegade e Chevrolet Trax (conhecido por aqui como Tracker), já que o segmento de SUVs compactos está crescendo nos EUA.

Caso realmente seja vendido nos EUA, ainda não se sabe se o Kicks substituiria o Juke ou se ambos conviveriam em paz no portfólio da marca. Se o modelo receber sinal verde para entrar no mercado norte-americano, cresceriam as possibilidades do veículo ser produzido em alguma das plantas da Nissan no México, já que o próprio WardsAuto indica que a montadora iniciará a produção de um crossover do segmento “B” por lá ainda neste ano. Por enquanto, a única confirmação é que o Kicks começa a ser fabricado na planta de Resende (RJ) a partir deste ano, de onde será exportado para vários mercados da América do Sul.

Continua após a publicidade

Publicidade