Clique e assine por apenas 8,90/mês

Marcas japonesas se unem por consumo mais eficiente

Projeto de US$ 20 milhões terá subsídio do governo do país

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 13h41 - Publicado em 26 Maio 2014, 11h31
sustentabilidade

As oito maiores montadoras automotivas japonesas estão juntas por um ideal: produzir motores a gasolina e a diesel com maior eficiência energética. A decisão foi anunciada pelo recém-criado grupo Research Association of Automotive Internal Combustion Engines, formado por Daihatsu, Honda, Mazda, Mitsubishi, Nissan, Subaru, Suzuki e Toyota.

O projeto de melhorias tem custo estimado em US$ 20 milhões. Metade desse montante será subsidiado pelo governo japonês, enquanto os outros 50% serão divididos entre as fabricantes. As marcas envolvidas compartilharão informações e pesquisas sobre motores de combustão interna, com a meta de, até o fim desta década, produzir blocos até 30% mais eficientes.

Outro objetivo da associação é dar um salto em termos de eficiência térmica dos motores, visando aos 50%. As taxas atuais dos motores a gasolina são de 39%, enquanto as de motores a diesel são de 42%.

Publicidade