Clique e assine por apenas 8,90/mês

Segredo: Jeep Wrangler 2018 tem manual vazado na web

Para quem tinha medo de mudanças drásticas, um alento: o jipão manterá grande parte de suas tradições

Por Guilherme Fontana - 18 out 2017, 19h41
Com visual quase intacto, novo Wrangler apostará em novidades tecnológicas Reprodução/Jeep

A renovação completa do Wrangler (veja teste do modelo aqui) pode ter sido o maior pesadelo da Jeep nos últimos anos, afinal, mudar um clássico envolve inúmeras situações de risco.

No entanto, a marca parece ter sido extremamente feliz e cautelosa com isso. É o que indica o manual de proprietário do modelo, que teve suas 340 páginas vazadas na íntegra na web. A apresentação da nova geração do Wrangler deverá ocorrer ainda este ano, no Salão de Los Angeles, marcado para dezembro.

Dianteira do Wrangler manterá os faróis redondos, porém com novas peças horizontais ao lado Reprodução/Jeep

O principal ponto crítico da linha 2018 do jipão seria o visual, atualmente carregado de tradições envolvendo a marca, como os traços parrudos e a inspiração no lendário Willys.

Contudo, o manual revela que as alterações foram pontuais, como a mudança de acabamento de algumas peças da carroceria e a localização dos conjuntos de iluminação, como as novas peças horizontais ao lado dos clássicos faróis redondos, possivelmente com luzes diurnas.

Continua após a publicidade

A iluminação também deve ser alterada, com opção de full led em algumas versões.

Traseira do jipão manterá seus elementos clássicos, com poucas mudanças de desenho e acababemtos Reprodução/Jeep

Na traseira, o mesmo. Permanece o desenho básico do modelo, com novidades apenas na iluminação das lanternas, na disposição de adereços e novas aberturas no para-choque.

O pneu sobressalente continua exposto, como um legítimo off-road. As rodas serão o ponto alto de modernidade do exterior do Wrangler, com desenhos inspirados nas usadas em Renegade e Compass. Também como no atual, o modelo 2018 terá opções de quatro e duas portas.

Painel mantém a barra para o passageiro, mas moderniza desenho e fica mais tecnológico Reprodução/Jeep

É no interior que a Jeep concentrou seus esforços de renovação. O painel passou por uma total reestruturação, com mudanças de acabamentos, posições de equipamentos e tecnologias.

Continua após a publicidade

Antes em uma antiquada posição baixa, as saídas de ar agora estão no topo do painel do lado da conhecida central multimídia UConnect (com tela de 7 ou 8,4 polegadas e conexão com Android Auto e Apple CarPlay).

Com comandos semelhantes ao do Compass, ar-condicionado terá informações mostradas na central multimídia Uconnect Reprodução/Jeep

Os comandos do ar-condicionado também sobem e agora são inspirados nos do Compass, com visualização na tela sensível ao toque.

Outras heranças dos irmãos menores estão nos seletores de faróis e nas hastes de comando atrás do volante, além do quadro de instrumentos, com a grande tela colorida ao centro nas versões mais caras, presente também no Fiat Argo HGT.

Quadro de instrumentos também repete o de outros modelos do Grupo FCA Reprodução/Jeep

O novo Wrangler deverá oferecer, entre outros, duas motorizações a gasolina: um V6 3.6 e um moderno 2.0 turbo de quatro cilindros, que focará na eficiência energética junto do sistema start-stop.

Continua após a publicidade

A transmissão poderá ser manual ou automática, variando de acordo com a versão. Já a tração será integral com bloqueio de diferencial.

Publicidade