Clique e assine por apenas 8,90/mês

iPhone e Apple Watch poderão substituir as chaves do seu carro

CarKey já está em desenvolvimento e deverá chegar na próxima atualização do sistema operativo; função permite autorizar outros usuários remotamente

Por Gabriel Aguiar - 11 fev 2020, 12h10
Em breve, celulares da Apple poderão atuar como chave dos carros Divulgação/BMW

Pelo jeito, você poderá deixar as chaves do seu carro em casa e sair apenas com o iPhone no bolso – ou com Apple Watch no pulso.

De acordo com o site 9to5Mac, a empresa já está trabalhando na função chamada CarKey, que permitirá o uso dos dispositivos da Apple para abrir as portas e dar partida no motor do carro.

Atualmente, o aparelhos da empresa rodam o iOS 13.3, só que a versão mais atualizada, batizada 13.4, já está disponível em versão experimental para os desenvolvedores.

Com o uso da tecnologia de proximidade NFC, bastará encostar o aparelho na maçaneta para abrir.

Continua após a publicidade
Vazaram imagens do sistema CarKey em funcionamento na versão de testes 9to5Mac/Reprodução

Além da praticidade, o CarKey permitirá enviar remotamente uma permissão para que outros usuários da Apple possam ter acesso ao veículo. O sistema estará ligado ao aplicativo Wallet e, caso haja alguma falha de reconhecimento, será possível definir um código de liberação.

O desenvolvimento dessa função se dá em conjunto com um consórcio que reúne mais de 100 empresas, incluindo fabricantes como BMW, Citroën, Chevrolet, Honda, Hyundai, Jaguar, Land Rover, Mercedes-Benz, Peugeot, Renault, Suzuki, Toyota, Volkswagen e Volvo.

Hyundai Creta chegou a ser oferecido no Brasil com relógio que substitui chave Fernando Pires/Quatro Rodas

Uma primeira versão da funcionalidade, batizada Digital Key 1.0, havia sido revelada em 2018. Mas haverá avanços para a versão 2.0, como um chip adicional para garantir mais segurança e também funcionar mesmo quando o dispositivo estiver desligado ou sem bateria.

O Car Connectivity Consortium também já desenvolve em paralelo uma tecnologia ainda mais avançada, que utiliza conexão bluetooth de baixo consumo de energia e banda ultralarga para dispensar a necessidade de encostar o aparelho – bastando estar no bolso ou pulso.

Publicidade