Clique e assine por apenas 8,90/mês

Frankfurt: Audi mostra nova família A4

Versão de performance S4 desenvolve 354 cv de potência

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 14h40 - Publicado em 15 set 2015, 15h36
fabricantes

Renovar é preciso. Para voltar a ganhar terreno entre os sedãs médios na Europa, a Audi mostra no Salão de Frankfurt a nova família do A4 (também com carroceria perua – Avant). O modelo, cotado para o mercado brasileiro em 2016, ganhou entre-eixos maior em 12 mm e está 120 kg mais leve do que o seu antecessor. Com desenho evolucionário, o carro ganhou faróis redesenhados, grade frontal maior, luzes para uso diurno de LED e outras suaves modificações para deixar o visual com aspecto ainda mais luxuoso.

Com as modificações, o sedã passou a ter 4.73 metros de comprimento, 1.84 metro de largura e 1.43 metro de altura, o que o deixa 25 mm maior de comprimento e 16 mm de largura, e com o novo entre-eixos a medida passa a ser de 2.82 metros, aumentando em 23 mm o espaço para as pernas dos passageiros traseiros.

181739149303172286.jpeg

O conforto para os ocupantes foi aprimorado, também, graças aos novos bancos e apoios da cabeça com ajuste de altura e profundidade. Na parte de transporte de carga, o carro passa a levar 505 litros na Avant com os bancos na posição normal, 15 a mais do que a sua antecessora, e rebatendo os assentos o carro passa a transportar 1.510 litros.

Dentro da cabine luzes de LED iluminam o local com 30 cores diferentes para serem escolhidas, uma tela de 12.3 polegadas é o destaque do painel, que conta ainda, com opcional, uma central de instrumentos totalmente digital trazida direto do esportivo TT e do utilitário Q7. Na versão topo de linha, o A4 virá com tela de 8.3 polegadas do sistema de entretenimento e informação compatível com controles por voz, wifi, internet LTE e sistema Android Auto ou Apple CarPlay.

Continua após a publicidade
fabricantes

No quesito motores, como sempre, a Audi preparou uma vasta seleção de opções. Começa com o 1.4 TFSI de 150 cv e 25,49 mkgf de torque, depois um bloco 2.0 TFSI de 190 cv e 32,63 mkgf de torque ou 252 cv e 37,73 mkgf de torque dependendo da versão do carro, fechando as opções com gasolina.

Com diesel, são dois blocos, porém em quatro configurações diferentes. O 2.0 TDI de entrada desenvolve 150 cv e 32,63 mkgf de torque, passando a 190 cv e 40,79 mkgf no seu topo. Acima dele, o 3.0 TDI de 218 cv e 40,79 mkgf de seis cilindros desenvolve, também, 272 cv e 61,18 mkgf de torque. Os blocos a gasolina e o 2.0 TDI virão com uma nova transmissão de seis marchas manual.

audi-s4-1.jpeg

Todos os motores terão, como opção, a possibilidade de acompanhar transmissão de sete marchas S Tronic de dupla embreagem, com exceção do TDI 3.0 topo de linha de 272 cv, que trabalhará apenas com o câmbio de oito marchas Tiptronic totalmente reformulado.

Também estão disponíveis as versões de performance do sedã e da perua. Tanto o S4 quanto o S4 Avant são equipados com bloco 3.0 de seis cilindros biturbo, desenvolvendo 354 cavalos de potência e 50,1 mkgf de torque. Aqui, também é usada a transmissão Tiptronic de oito marchas (com tração integral quattro), de modo que o sedã acelere de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e chegue à velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente).

Continua após a publicidade
audi-s4-2.jpeg

As outras modificações das versões S4 na comparação com as convencionais são a menor distância em relação ao solo (2,3 centímetros mais baixo), a presença de rodas de liga-leve de 18 polegadas (com opcional de 19 polegadas), bancos esportivos com revestimento de couro Nappa ou Alcantara e, também como item opcional, os faróis de LED com tecnologia Matrix.

VEJA MAIS

– Galeria: novo Audi A4

– Audi detalha novo A4 S Line sedã

Publicidade