Flagramos o novo Ford Ka com central multimídia Sync 3

Compacto receberá central Sync 3 e câmbio automático do EcoSport

Ford Ka 2019 Mudanças no interior do Ka giram em torno da central Sync 3

Mudanças no interior do Ka giram em torno da central Sync 3 (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Centrais multimídia se tornaram fundamentais até mesmo em carros de entrada. Depois de EcoSport e Fiesta, a Ford se apressa para passar a oferecer o equipamento também no Ka, como revela o flagra acima.

Ford Ka 2019 Apesar da camuflagem, carro de teste ainda não tinha mudanças no design

Apesar da camuflagem, carro de teste ainda não tinha mudanças no design (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

De quebra, o compacto ainda ganhará um tapa no visual e câmbio automático.

A adoção do sistema de som com tela sensível ao toque implicou em mudança completa do console central do compacto. Mas o painel, aparentemente, ficará intacto.

O local da tela ainda não tinha acabamento definitivo no carro flagrado, mas já é possível comemorar: as dezenas de botões que ocupavam o local deram lugar a apenas cinco, ladeados por dois seletores giratórios – além dos botões de travamento das portas e do acionador do pisca-alerta imediatamente abaixo.

Ford Ka 2019 Central Sync 3 terá tela de 6,5″ e menos botões

Central Sync 3 terá tela de 6,5″ e menos botões (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Quem ganha destaque é a tela de 6,5 polegadas saltada do painel. Ela responde pelo Sync de terceira geração, compatível com Android Auto e Apple Carplay, e que também aceita comandos de voz. É o mesmo equipamento presente nos demais modelos da Ford, muito mais intuitivo do que o Sync antigo.

Ford Ka 2019 Unidade flagrada mantinha câmbio manual de cinco marchas

Unidade flagrada mantinha câmbio manual de cinco marchas (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

A disposição é diferente da adotada em Fiesta e EcoSport e não há leitor de CDs. Mas nota-se a presença de duas portas USB próximo ao câmbio, em vez de ter um USB e uma entrada auxiliar de som.

Mas não dá para esperar a telinha interativa em todas as versões: mesmo no Fiesta a central multimídia só está presente a partir das versões intermediárias.

Ford Ka 2019 Sedã terá lanternas maiores, que avançam a tampa do porta-malas

Sedã terá lanternas maiores, que avançam a tampa do porta-malas (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Outra novidade para o andar de cima do Ford Ka estará no conjunto mecânico. De acordo com fontes internas, o motor 1.5 16V Sigma de 110 cv e 14,9 mkgf será substituído pelo 1.5 TiVCT três cilindros inaugurado pelo EcoSport.

Mudanças ocorrem, nos para-choques, no faróis e nas lanternas Mudanças marcarão a estreia da linha 2019 do Ka

Mudanças marcarão a estreia da linha 2019 do Ka (Du Oliveira/Quatro Rodas)

No SUV ele rende 137 cv e 16,2 mkgf, mas pode chegar mais manso no Ka. O que importa é que ele estará acompanhado do câmbio automático 6F15, com seis marchas. É um outro ajuste aos novos tempos: compactos com câmbio automático também são cada vez mais requisitados. 

Tapa na cara

Estas novidades serão acompanhadas da primeira reestilização do Ford Ka. Mudanças mais significativas serão realizadas nos para-choques, nos faróis e nas lanternas.

Na traseira, as alterações devem se concentrar no design próprio do para-choque e das lanternas Na traseira, lanternas e para-choque devem ter design próprio

Na traseira, lanternas e para-choque devem ter design próprio (Du Oliveira/Quatro Rodas)

Na dianteira as mudanças estarão na grade, abertura inferior e posicionamento de faróis auxiliares. Ainda na parte frontal, os faróis ganham novos contornos, ficando mais afilados, e novos refletores internos – inspirados nos faróis do sedã Fusion.

Na traseira, as alterações devem se concentrar no design do próprio para-choque e das lanternas. No Ka Sedan, as lanternas passarão a invadir a tampa da mala e serão unidas por uma barra cromada. 

Facelift contempla as versões hatch e sedã, cada uma com seu visual próprio Facelift contempla as versões hatch e sedã, cada uma com seu visual próprio

Facelift contempla as versões hatch e sedã, cada uma com seu visual próprio (Du Oliveira/Quatro Rodas)

Gostou? Então espere pacientemente. Todas estas novidades estrearão junto da linha 2019 do Ka, no início do segundo semestre de 2018.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Vinícius Santos

    Muito bom . mas quero saber da segurança!!! Foi melhorado ou vai zerar os testes novamente

  2. Difícil entender qual foi a estratégia da Ford para o Fiesta. Ka e a Eco ganharam o melhor upgrade que possível dentro da Ford: um câmbio AT6 tradicional.

  3. É pq o mercado hoje se resume a SUV e compacto de entrada, o resto virou mercado de nicho, talvez por isso a Ford não tenha investido no Fiesta e provavelmente no Focus.