Flagra: JAC T60, SUV chinês rival do Compass, será elétrico ou a gasolina

Modelo será lançado no fim deste ano para substituir o T6; configuração a gasolina terá motor turbo de 150 cv e câmbio CVT

JAC T60 tem porte similar ao do Jeep Compass

JAC T60 tem porte similar ao do Jeep Compass (Allyne Antoni/Quatro Rodas)

Vivendo uma situação delicada no Brasil, a JAC vai apostar pesado na renovação e na eletrificação de seu portfólio, a fim de garantir sobrevida no país. Um dos modelos a serem apresentados ainda este ano será o SUV intermediário T60.

Inicialmente ele chegaria às ruas apenas em 2020, mas o grupo SHC, representante da marca no país, corre para tentar antecipar o lançamento para o último trimestre deste ano, mais precisamente em dezembro.

O objetivo: tentar surfar a onda de sucesso do Jeep Compass, com preços entre R$ 100 mil e R$ 140 mil.

QUATRO RODAS vem recebendo vários flagras de um protótipo desse modelo rodando nas ruas de São Paulo (SP), sem qualquer tipo de camuflagem.

Com 4,41 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,66 m de altura e 2,62 m de entre-eixos, o T60 chegará para substituir o atual T6.

Modelo é uma das grandes esperanças de recrudescimento da JAC

Modelo é uma das grandes esperanças de recrudescimento da JAC (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Mas não pode ser considerado uma nova geração, visto que na China ele é vendido como Refine S4, abaixo do Refine S5 (o nosso atual T6).

A configuração flagrada é a que utiliza motor a combustão, mais precisamente a gasolina. Trata-se de um 1.5 quatro-cilindros turbo com injeção indireta de 150 cv e 21,4 mkgf, aliado a câmbio CVT.

Também haverá uma versão elétrica, batizada como iEV60, que será apresentada em setembro junto de outros três modelos movidos a eletricidade: o subcompacto iEV20, o SUV pequeno iEV40 e uma picape média. Atualmente a marca já faz a pré-venda de um caminhão elétrico no país.

Entretanto, a entrega às lojas deve ocorrer também no fim do ano, junto com o T60 convencional. Dados de desempenho e autonomia ainda não foram definidos.

Em qualquer uma das versões, o SUV médio deve trazer de série suspensões McPherson e por eixo de torção, freios a disco nas quatro rodas – estas de liga leve aro 17 -, freio de estacionamento elétrico, controles de estabilidade e tração e chave com sensor presencial.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s