Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fiat começa a vender versões hatch e perua do novo Tipo

Embora já tenha sido visto no Brasil, modelo não tem previsão de ser vendido por aqui

Por Diego Dias Atualizado em 23 nov 2016, 21h00 - Publicado em 6 Maio 2016, 15h00
Fiat Tipo
Fiat Tipo hatch (esquerda) e station wagon (direita)

Mostrados oficialmente no Salão de Genebra em março, as versões hatch e perua do Tipo começaram a ser vendidas na Europa. Com isso, a marca completa a gama formada inicialmente pelo Tipo sedã – vendido desde o final do ano passado no velho continente.

LEIA MAIS:

>> Versão hatch do novo Fiat Tipo é flagrada no Brasil 

>> Fiat investirá US$ 500 milhões em substituto de Grand Siena e Linea

>> Impressões: novo Fiat Tipo sedã

>> Grandes Brasileiros: Fiat Tipo

Construído a partir da mesma a plataforma do Jeep Renegade e Fiat Toro, o Tipo por enquanto não é cogitado para ser vendido no Brasil, apesar de já ter sido flagrado rodando no país. Na Itália, o sedã é comercializado por € 14.500 (R$ 58.603), o hatch por € 15.900 (R$ 64.261) e a perua por € 17.300 (R$ 69.919).

Fiat Tipo
Versão hatch é mais comprida que os concorrentes

Fiat Tipo
Na perua, porta-malas com capacidade para 550 litros

Continua após a publicidade

O Tipo hatch mede 4,37 metros de comprimento, 1,79 m de largura, 1,50 m de altura e tem capacidade de 440 litros no porta-malas. Mais comprido que Golf (4,25 m) e Focus (4,36 m), ele traz um visual esticado que remete a uma pequena station – estilo semelhante ao do Audi A3 Sportback, por exemplo. Já a configuração perua mede 4,57 m e leva 550 litros de bagagem.

Fiat Tipo
Fiat Tipo hatch

Fiat Tipo
Fiat Tipo station wagon

Ambos os modelos utilizam suspensão independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira, essa última utilizada usada no Golf nacional e Cruze Sport6, ao contrário de Focus, equipado com suspensão multilink.

Fiat Tipo
Fiat Tipo hatch

Fiat Tipo
Fiat Tipo station wagon

Sob o capô há as mesmas opções encontradas no sedã, com três propulsores a gasolina na Europa: os aspirados 1.4 Fire 16v (96 cv e 12,9 mkgf) e 1.6 E-Torq (112 cv e 15,5 mkgf), além do turbinado 1.4 T-Jet (122 cv e 21,9 mkgf). Tanto hatch como sedã terão também motores a diesel e flex (gasolina/gás natural). O câmbio pode ser manual de cinco ou seis marchas, automatizado de dupla embreagem ou automático convencional de seis velocidades.

Embora não surpreenda pelo desempenho (pelo menos na oferta de motores utilizada na Europa), o Tipo traz lista de equipamentos equivalente à concorrência. Entre os destaques que vêm de série em todas as versões, há a central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas compatível com integração a celulares via Apple Car Play e Android Auto, câmera de ré, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, seis airbags e, opcionalmente, controle de velocidade adaptativo (com frenagem automática).

Fiat Tipo
Cabine compartilha elementos com Renegade e Toro

Fiat Tipo
Marcadores de temperatura e combustível são digitais

Por dentro, há alguns elementos compartilhados com Renegade e Toro, como o volante (com assistência elétrica) e os botões do ar-condicionado. O espaço interno é amplo, com capacidade para três adultos no banco de trás. Apesar do acabamento simples, com materiais rígidos e bancos de tecido, a qualidade de construção foi elogiada em nossas Impressões ao Dirigir com o Tipo sedã.

Fiat Tipo
Bancos são revestidos com tecido – couro é opcional

Fiat Tipo
Atrás, bom espaço para até três adultos

Apesar dos boatos de que pode ser fabricado e vendido na América do Sul, a notícia mais recente a respeito da Fiat cita um investimento de US$ 500 milhões para fabricar um novo sedã médio na Argentina, sem relação com o Tipo europeu. Ele seria baseado numa plataforma esticada do Palio atual, e poderia substituir tanto o Linea quanto o Grand Siena.

Continua após a publicidade

Publicidade