Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

F1: Russel vence mini corrida e conquista dobradinha da Mercedes no grid

Sprint teve pista seca, mas foi tão emocionante quanto a classificação com chuva com direito a toque de asas e até a punição por ultrapassagem perigosa

Por Isadora Carvalho Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 12 nov 2022, 19h22 - Publicado em 12 nov 2022, 18h56

O sábado começa com temperatura amena de 25°C e até o sol aparece em Interlagos. No início do segundo treino livre da Fórmula 1 a pista está completamente seca e alcança 48,5°C. 

O treino iniciou exatamente ás 12h30 e já na segunda sessão de tempos, George Russell (Mercedes) assumiu o melhor tempo da TL2, seguido por Sergio Pérez (Red Bull) e Gasly (Alpha Tauri). 

RUSSEL_TL2
Russell se recupera de sexta e fica em terceiro no fim do treino (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Quando faltavam 30 minutos para o fim do treino Esteban Ocon, da francesa Alpine, assumiu a liderança com a volta mais rápida, cravando 1:14:604, e manteve esse tempo como o melhor da TL2 até o fim.

OCON - TL2
Ocon, da Alpine, é o mais rápido no último treino livre (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Pérez, da campeã Red Bull, pilotou por 36 voltas e conseguiu o segundo melhor tempo com 1:14:788 – exatos 0s184 mais lento que Ocon.

Vale lembrar que esse treino é apenas para acertar os carros, tanto para corrida rápida (sprint) quanto para a oficial de domingo. Nesse caso, os pilotos com os melhores tempos não pontuam. 

Nesse TL2 as equipes estavam fazendo testes dos pneus slick, mais adequados para a condição da pista. 

Continua após a publicidade

Alguns pilotos saíram dos boxes com pneus médios, mais duráveis, mas que demoram um pouco mais pra aquecer, e também com os macios, com a vida útil mais curta e que oferecem alto desempenho rapidamente, e houve até equipes que preferiram os pneus duros, usados em circuitos com baixa aderência e que demoram mais para esquentar. 

Pérez, que ficou em segundo, optou pelos pneus duros, assim como seu companheiro de equipe e campeão da temporada 2022, Max Verstappen, que ficou com o quinto melhor tempo após 30 voltas no circuito.

PEREZ - TL2
Pérez cravou o segundo melhor tempo no TL2 (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Lewis Hamilton seguiu a estratégia de usar compostos duros e foi o sexto mais rápido. Na Ferrari, Charles Leclerc (13° no TL2) usava macios contra médios de Carlos Sainz (11°).

Como o tempo não era decisivo, teve equipe que aproveitou para colocar os seus pilotos para rodar o máximo possível para acertar a melhor estratégia. 

Foi o caso da Aston Martin. Sebastian Vettel, que corre a sua penúltima corrida no GP do Brasil, completou 43 voltas e o canadense Lance Stroll, percorreu 42 voltas. Ficaram com os piores tempos, na 18° e 17° colocação, respectivamente. Mas, esse treino intensivo pode dar algum resultado na corrida oficial. 

Continua após a publicidade
VETTEL_TL2
Vettel foi o piloto com mais voltas na TL2, rodando 43 (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Terceira e última Sprint da temporada

O grid de largada da Sprint segue o resultado da corrida classificatória de sexta-feira. Magnussen, da Haas, e Max Verstappen, da RBR, largaram na primeira fila. A sprint tem apenas 24 voltas e já na terceira Verstappen assumiu a liderança. Vale dizer que é o único nesse primeiro pelotão com pneus médios. 

Verstappen - Sprint
O atual campeão ficou em quarto lugar na Sprint (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Na disputa pela sexta colocação, as duas Alpine tiveram breve desentendimento. Alonso atacou, Ocon defendeu e os dois se tocaram. Alonso chegou a balançar e quase perdeu o controle do carro.

Na sexta volta, Magnussen perde posições e já fica em quarto. Enquanto isso, Hamilton ganha três posições e já está em quinto.

Hamilton - Sprint
Hamilton chega em terceiro na Sprint, mas larga em segundo na corrida (Fernando Pires/Quatro Rodas)

No meio da sprint, na volta 12, Russell e Verstappen brigam pela primeira posição e o campeão ainda defende a liderança. Mas na 15° volta Russell conseguiu ultrapassar o piloto da Red Bull e assumiu a ponta com uma ultrapassagem louvável e digna dos aplausos que arrancou da torcida.

Russell - Sprint
Russel conquista o primeiro lugar na Sprint e na corrida oficial (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O piloto da Mercedes manteve a liderança e já abriu uma boa vantagem de Verstappen. O piloto da Red Bull “sentiu o golpe” e não conseguiu segurar por muito tempo a segunda colocação, sendo vencido por Sainz, que foi agressivo na ultrapassagem e chegou a tocar na asa traseira de Verstappen, a danificando. Isso fez com que o campeão perdesse claramente o ritmo e lhe custou mais uma posição, dessa vez para Lewis Hamilton.

Continua após a publicidade
Sainz - Sprint
Sainz alcança vice-liderança, mas no domingo só larga em sétimo (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Antes da corrida terminar veio o aviso oficial da FIA que Lance Stroll, da Aston Martin, foi punido em 10 segundos na corrida oficial pelo movimento perigoso que fez para ultrapassar o companheiro de equipe, Sebastian Vettel. A investida em cima de Vettel aconteceu antes da metade da corrida e obrigou Vettel a passar com mais da metade do carro pela grama para evitar uma colisão.

O britânico George Russel venceu a Sprint desse sábado, seguido por Carlos Sainz e Hamilton. Porém, não é essa ordem do grid de largada da corrida de amanhã. Sainz foi penalizado em cinco posições por trocar de motor pela sexta vez, na sexta-feira, e larga em sétimo.

Russell - Sprint
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

Nesse caso teremos um dobradinha da Mercedes na primeira fila com Russel em primeiro e Hamilton em segundo. Verstappen larga em terceiro, seguido por Pérez, Leclerc e Norris.

Magnussen, da Hass, que largou na frente, terminou a Sprint em oitavo, larga amanhã na oitava posição e ganha um ponto no campeonato. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.