Clique e assine por apenas 8,90/mês

Exclusivo: Volkswagen T-Cross terá pré-venda relâmpago de apenas um dia

SUV compacto terá número limitado de carros entregues a clientes que fizerem a compra antes da chegada definitiva do modelo, em abril

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 19 fev 2019, 11h31 - Publicado em 16 fev 2019, 10h12
SUV compacto terá opções de motores 1.0 e 1.4 TSI Gabriel Aguiar/Quatro Rodas

O Volkswagen T-Cross só começará a ser vendido em abril. Mesmo assim, o SUV compacto entrará em pré-venda na próxima terça-feira, 19. E vai durar apenas um dia.

Concessionários já divulgam a data e afirmam que um pequeno lote, de apenas 800 carros, será disponibilizado. Peços serão divulgados somente no início da pré-venda.

Concessionárias já divulgam o modelo Reprodução/Internet

Apenas duas versões estarão disponíveis na ação: a de entrada Comfortline e a topo de linha Highline, como a fotografada. A intermediária R-Line será disponibilizada depois.

Estes primeiros carros serão entregues pouco antes do princípio das vendas, semelhante à estratégia adotada no lançamento da Amarok V6.

Continua após a publicidade

Enquanto isso, protótipos como o das imagens usadas nesta reportagem, flagrado pelo repórter Gabriel Aguiar, de QUATRO RODAS, rodam sem nenhum tipo de camuflagem pelos arredores de São Paulo capital.

Versão Highline terá rodas aro 17″ Gabriel Aguiar/Quatro Rodas

O T-Cross terá duas opções de motores no Brasil. As versões de entrada, 200 TSI, receberão o mesmo 1.0 TSI (turbo com injeção direta) flex com 128 cv de potência que equipa o Polo. 

As mais caras, 250 TSI, terão o 1.4 TSI de 150 cv que equipa as versões mais baratas do Tiguan e também o novo Jetta, porém também bicombustível.

O motor menor contará com opção de câmbio manual de seis marchas. Porém, o câmbio mais comum na linha será o automático de seis marchas com função Tiptronic fornecido pela Aisin, acoplado a ambos os propulsores.

T-Cross tem 4,20 m de comprimento e 2,65 m de entre-eixos Gabriel Aguiar/Quatro Rodas

Alguns equipamentos de série já foram antecipados. Saídas de ar-condicionado para o banco traseiro, que não existem na Europa, estarão em todos os T-Cross brasileiros.

Continua após a publicidade

O console central ainda abrigará duas portas USB para o banco traseiro (há mais duas para os bancos da frente).

Também serão equipamentos de série seis airbags (frontais, laterais e de cortina), detector de fadiga e controles de estabilidade e tração com assistente de partida em rampa e frenagem pós-colisão. Também podemos esperar por central multimídia de série.

Versão Highline pode não estar disponível na pré-venda Gabriel Aguiar/Quatro Rodas

Serão duas as opções de rodas: diamantadas aro 17″ com pneus 205/55 e convencionais, aro 16″, com pneus 205/60.

Versões mais caras ainda terão opção de teto panorâmico – que vai até a metade do banco traseiro e tem abertura elétrica –, sistema de som Beats de 300W com amplificador e subwoofer (que estreou no Polo e no Virtus), assistente de baliza Park Assist 3.0 e faróis de led, presentes em Tiguan e Jetta.

Continua após a publicidade

Iluminação ambiente do interior, faróis e lanternas de leds e seletor de modos de condução (Eco, normal, sport e individual) serão opcionais exclusivos das configurações com motor 1.4 TSI.

Já o quadro de instrumentos digital, com tela de 10 polegadas como no Polo, estará apenas nas versões mais caras, seja do 1.0 ou do 1.4.

Publicidade