Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Elon Musk tentou vender Tesla para Apple – e sequer foi recebido

Tesla passou por problemas financeiros durante projeto de Model 3 e Musk tentou vender companhia por US$ 60 bilhões, 1/10 do valor atual

Por Thiago Silva, Igor Macario 29 dez 2020, 17h14
model 3
Tesla enfrentou problemas financeiros durante desenvolvimento do Model 3 Divulgação/Tesla

Não é novidade que Elon Musk, o badalado CEO da Tesla, gosta de causar uma polêmica de tempos em tempos. Recentemente, Musk resolveu contar uma história no mínimo curiosa, de quando ele mesmo quis vender a Tesla para ninguém menos que a Apple. E que Tim Cook, CEO da Apple, sequer o recebeu para uma reunião.

Musk contou a história pelo Twitter. Supostamente, a aproximação com a Apple ocorreu durante o desenvolvimento do Model 3, quando a Tesla enfrentava dificuldades financeiras e torrava suas reservas rapidamente.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 6,90

Na época, a Apple poderia ter comprado a Tesla por cerca de US$ 60 bilhões. embora a quantia pareça exorbitante, hoje o valor corresponde a cerca de um décimo do valor atual da empresa, estimado em aproximadamente US$ 650 bilhões.

A Apple até estava trabalhando em seu sistema de condução autônoma, mas acabou declinando de sequer conhecer os termos para uma possível compra da Tesla, hoje gigante.

Continua após a publicidade

Agora, a Apple retomou o desenvolvimento de seu carro elétrico, depois de praticamente reiniciar o projeto do zero. O agora chamado Project Titan tem baterias com novo desenho e sistema de condução autônoma mais avançado.

Ainda assim, não seria surpresa que a Apple desista novamente de lançar um carro inteiramente produzido pela empresa, mas se voltar apenas para a produção do sistema autônomo. Assim, outras fabricantes poderiam apenas comprar os programas da Apple para instalar em seus carros.

  • O Titan deve aparecer em 2024 apenas, seja como um carro inteiro, seja como apenas um avançadíssimo pacote tecnológico.

    Em todo caso, por mais que a Tesla tenha valorizado tanto nos últimos anos, os US$ 650 bilhões atuais ainda não chegam a um terço do valor de mercado da Apple, que encosta na casa do US$ 1,9 trilhão.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa Quatro Rodas 740
    arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade