Clique e assine por apenas 8,90/mês

DS 5 chega renovado ao Brasil e parte de R$ 137 990

Com o novo visual, o modelo quer deixar claro que não é mais um Citroën; mecânica permanece a mesma com motor 1.6 turbo de 165 cv

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 23 nov 2016, 20h26 - Publicado em 15 jan 2016, 11h50
ds-5-2
As novidades visuais se concentram na dianteira: grade, para-choque e faróis são novos

Agora emancipado da linha Citroën, o DS 5 chega ao Brasil com sua primeira atualização visual desde que foi lançado por aqui, em 2012. Já à venda em duas versões (Be Chic e So Chic), o modelo parte de R$ 137 990, ou seja, R$ 14 500 mais caro em relação à linha 2015. A configuração mais cara So Chic começa em R$ 158 715, chegando a R$ 172 320 quando equipada com todos os opcionais. 

O DS 5 é o primeiro modelo da nova marca da PSA a deixar clara sua emancipação: ele abandonou todos os logos e nomenclaturas referentes à Citroën, inclusive na grande, que agora ostenta os chamados “DS Wings” em letras garrafais. Por falar na grade, de formato hexagonal e acabamento cromado, esta é a principal identidade visual da nova DS – também presente do novo DS 4. Apesar das mudanças, o para-choque permaneceu com as características aberturas em formato de bumerangue do DS 5, que abriga os faróis de neblina e as luzes de direção deslizantes. Assim como no DS 3, os faróis combinam iluminação em leds e bixenônio. Na traseira, a única alteração é a extinção do nome Citroën, enquanto nas laterais há novas rodas de 18 polegadas. A cor azul marinho das imagens é nova.

ds-5
O interior ganha nova central multimídia com as plataformas Android e iOS

Por dentro, o modelo permenece intocado. Estão lá os três tetos solares independentes, o volante com base achatada e os bancos com desenho que imitam a trama de uma pulseira de relógio. A novidade fica por conta da nova opção de revestimento marrom dos bancos e da nova central multimídia, com tela sensível ao toque de sete polegadas e conexão com as plataformas Android (via espelhamento) e iOS, além de navegação GPS. Entre os equipamentos há ar-condicionado digital de duas zonas, head-up display, espelhos retrovisores aquecidos, chave presencial, controle de estabilidade com sistema antipatinagem e assistente de partida em aclives/declives.

A mecânica do DS 5 também não sofreu alterações. O motor 1.6 THP entrega 165 cv de potência e 24,5 mkgf de torque e é acompanhado do câmbio automático de seis marchas. Com isso, o modelo promete ir de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos.

Continua após a publicidade
Publicidade