Clique e assine por apenas 8,90/mês

Com tudo preto, Chevrolet Tracker Midnight só chega em outubro

Assim como a picape S10, o SUV mais vendido da Chevrolet terá versão com visual todo preto

Por Giovana Rampini - 14 set 2018, 18h01
A versão Midnight foi baseada na configuração Premier Divulgação/Chevrolet

Depois da Chevrolet S10, é a vez do Tracker ganhar a versão especial Midnight. Assim como a picape, o estilo todo preto predomina – a carroceria é pintada pela cor “Preto Ouro Negro”, incluindo maçanetas, friso do porta-malas, rodas de alumínio aro 18 escurecidas e gravata da Chevrolet com o fundo do mesmo tom, em vez do tradicional dourado. 

A gravata da Chevrolet tem o fundo escuro Divulgação/Chevrolet

No interior, a cor predominante é igualmente escura, apenas com alguns detalhes do console central, molduras do ar-condicionado e do multimídia em tom brilhante.

Os detalhes em brilhante só são encontrados no interior Divulgação/Chevrolet

O Tracker Midnight tem como base a configuração topo de linha Premier e conta com equipamentos como controle eletrônico de estabilidade com assistente de partida em rampa, teto-solar elétrico, sensor de ponto cego, câmera de ré com alerta de tráfego cruzado e sistema de concierge OnStar.

O nome da edição é grafado na base da tampa do porta-malas Divulgação/Chevrolet

O motor é o mesmo 1.4 turbo flex de 153 cv e 24,5 mkgf com câmbio automático de seis marchas também usado no Cruze.

Continua após a publicidade
Rodas de alumínio aro 18 também são escurecidas Divulgação/Chevrolet

Os preços ainda não foram divulgados, mas a versão vai estar posicionada entre os pacotes Premier I (R$ 100.990) e Premier II (R$ 104.790). O lançamento está previsto para outubro deste ano, quando chegará às concessionárias.

A Chevrolet espera que o Tracker Midnight represente 10% das vendas do modelo. A nova versão não tem prazo para sair do catálogo.

 

Publicidade