Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Chery lançará novo QQ e um Tiggo maior

SUV chega para "brigar" com o JAC T6; Subompacto parte de R$ 31.990

Por Zeca Chaves, de Xangai (China) Atualizado em 9 nov 2016, 14h27 - Publicado em 20 abr 2015, 21h11
fabricantes

A Chery prepara para este ano duas grandes novidade na sua linha no Brasil. A primeira é a versão mais encorpada do Tiggo, chamada no mercado chinês Tiggo 5, que tem porte de Hyundai ix35 e deve bater de frente com o Jac T6, recém-lançado no Brasil com preço a partir de R$ 69.990.

A marca espera abocanhar com ele uma parte do rentável mercado de SUVs compactos usando as mesmas armas do compatriota T6 (tamanho maior e mais equipamentos), porém com um diferencial: enquanto o Jac só tem opção de câmbio manual, o Tiggo 5 terá apenas a versão automática CVT com sete marchas pré-programadas. Seu motor também será um 2.0, mas movido a gasolina, enquanto o do T6 é flex.

img-20150420-wa0006.jpeg

A outra novidade é o novo QQ, que já foi mostrado aos brasileiros no Salão do Automóvel, no fim do ano passado. Totalmente reestilizado, mas usando a mesma plataforma do atual, o subcompacto também será lançado no segundo semestre, com preço já definido de R$ 31.990. Equipado com pacote completo de equipamentos e um motor 1.0 três cilindros, ele comece a ser vendido já neste mês, importado da China, num lote inicial de 1.000 unidades.

A previsão da Chery é que ele comece a ser produzido na fábrica de Jacareí (SP) no segundo semestre, ainda com o mesmo motor a gasolina da versão importada, apesar de o 1.0 flex já estar previsto para chegar no início de 2016. A marca se mostra tão confiante com este lançamento, que já fala em números otimistas. ¨Com a produção já nacional, a estimativa é vender até o final do ano um total de 10.000 unidades¨, diz Filipe Pereira, diretor de marketing da Chery.

* Viagem à convite da JAC Motors

chery-new-qq-2.jpeg chery-new-qq-1.jpeg
Continua após a publicidade
Publicidade