Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Autoescola de Dubai usa Mercedes Classe G, Tesla e até Bentley em aulas

Na terra do luxo e ostentação, milionários aprendem a dirigir nos carros que comprarão logo que habilitados. Pacote inclui até deslocamento de limusine

Por Eduardo Passos Atualizado em 24 Maio 2021, 15h16 - Publicado em 24 Maio 2021, 14h57
Emirates Driving Institute (1)
Por que aprender a dirigir em um compacto se o seu primeiro carro será um Bentley que chega aos 290 km/h? Reprodução/EDI

Em qual carro você aprendeu a dirigir? Dependendo da idade do leitor, a resposta pode ser um Volkswagen Fusca, Chevrolet Celta ou o Nissan March, por exemplo. Mas em Dubai as coisas são bem diferentes.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90 

Na cidade dos Emirados Árabes Unidos, conhecida pelo luxo e extravagância, uma autoescola vem oferecendo aulas de direção em modelos de alta perfomance, que vão do Land Rover Ranger Rover Sport aos milionários Bentley Bentayga e Mercedes-Benz Classe G, passando por elétricos e Porsche Cayenne, entre outros.

Principal centro de formação de condutores do emirado, o Emirates Driving Institute (EDI) oferece cursos tradicionais, semelhantes às escolas brasileiras. Porém, de olho naqueles que jamais conduzirão um carro popular na vida, o instituto passou a vender o pacote Premium, no qual as aulas práticas já são feitas em supercarros.

Emirates Driving Institute Tesla, Mercedes
Além dos Mercedes de luxo, a escola oferece até mesmo um Tesla com direção autônoma Reprodução/EDI

A intenção é “ajudar os alunos na adaptação à mecânica e equipamentos” dos carros de luxo, “garantindo mais segurança enquanto conduzem-nos na estrada”, explica a rede. A ideia surgiu quando a autoescola começou a perguntar que automóveis os recém-habilitados comprariam, explica a gerente de marketing e atendimento da empresa.

Só para constar, os carros convencionais da autoescola são os Nissan Versa da geração passada. 

Continua após a publicidade
Emirates Driving Institute Porsche Cayenne
Além do Porsche Cayenne, todos os modelos contam com pedal de freio extra, sob os pé dos intrutor Reprodução/EDI

Para treinar seus clientes às próprias realidades, a EDI tem nove modelos à disposição do aluno, variando um “humilde” Mini Cooper, a utilitários como o Porsche Cayenne e o Bentley Bentayga, com motor V8 e 550 cv. Também há o elétrico Tesla Model X, os Mercedes-Benz Classe G e Classe S e um Chevrolet Camaro.

Emirates Driving Institute Land Rover Range Rover Sport
Range Rover Sport foi usada recentemente pelo DJ David Guetta, que tirou sua carteira de motorista na luxuosa autoescola Reprodução/EDI

O pacote também inclui mordomias como exame médico realizado em casa, simuladores e um curso preparado sob medida, incluindo aulas personalizadas às necessidades do aluno além da ementa obrigatória que determina a lei. No material extra, são ensinadas técnicas de pilotagem, aproveitamento ideal da mecânica e uso dos recursos tecnológicos.

Dado o risco de colocar centenas de cavalos na mão de quem está aprendendo, os carros contam com o mesmo pedal de freio extra das autoescolas brasileiras, além de câmera e sensores adicionais. Antes de pegar vias públicas, o aluno precisa ser aprovado na prova teórica e uma espécie de prova prática interna, feita após uma primeira experiência em pista particular.

As 48 horas teóricas podem ser cumpridas on-line ou na unidade exclusiva do curso Platinum, com direito a lounge de repouso e instrutores preparados para lidar com clientes nativos ou estrangeiros. Com a promessa de um aprendizado “sem estresse”, o EDI ainda oferece uma limusine particular que transporta os futuros motoristas até o endereço das lições.

Emirates Driving Institute Chevrolet Camaro
Não importa se a aula é no Chevrolet Camaro: o limite é de 26 km/h Reprodução/EDI

Como no Brasil, é possível que a prova prática definitiva seja feita no mesmo carro das aulas. O instituto é tão confiante no seu método que, uma vez adquirido, o curso pode ser refeito sem taxas adicionais até que a carteira venha, independentemente do número de reprovações.

Emirates Driving Institute Mini Cooper
Sem disfarçar a desigualdade de gêneros, o instituto oferece um Mini Cooper rosa às alunas Reprodução/EDI

A autoescola de luxo oferece pacotes de aulas práticas que variam entre 10h e 20h, conforme a curva de aprendizado do instruído. Caso opte pelo pacote de 20h práticas e 48h teóricas, o preço do curso Premium, com todos os benefícios incluídos, fica em R$ 32.000. Nada mal para quem pode desembolsar até R$ 2 milhões em seu primeiro carro, certo?

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa Maio 2021
A edição 745 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade