Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Range Rover Velar 2021 traz tecnologia híbrida leve, mas fica mais caro

Sistema híbrido leve melhora números de consumo e emissões e o novo modelo conta ainda com motor 3.0 turbo de 340 cv de potência

Por Gabriel Monteiro Atualizado em 10 fev 2021, 22h32 - Publicado em 10 fev 2021, 20h03
Range Rover Velar 2021 na estrada
Divulgação/Land Rover

O Range Rover Velar ganhou grandes atualizações para a linha 2021. Mesmo que a estética tenha sido mantida quase que intocada, recebeu nova motorização e um incremento tecnológico em todas as versões.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7.90

Debaixo do capô, a maior novidade. Substituindo os antigos conjuntos O P300 (2.0 de quatro cilindros e 300 cv de potência) e P380 ( 3.0 V8 de 380 cv), um novo propulsor 3.0 turbo de seis cilindros em linha de 340 cv e 48,9 kgfm de torque.

Sempre acompanhado de uma transmissão automática de sete velocidades, a Range Rover Velar também recebe o auxílio de um sistema híbrido leve (MHEV) que melhora seus números de consumo e emissões além de disponibilizar imediatamente o torque integral e ser 12 kg mais leve do que a antiga motorização V8.

Traseira da nova Range Rover Velar 2021
Divulgação/Land Rover

O novo conjunto permite, segundo a fabricante, uma aceleração de 0 a 100 km/h em 6,3 segundos e uma velocidade máxima de 240 km/h.

Internamente, o que mais chama a atenção é o novo volante multifuncional revestido em couro costurado e com botões sensíveis ao toque que integra-se ao quadro de instrumentos digital de 12,3 polegadas.

Interior da nova Range Rover Velar 2021
Divulgação/Land Rover

A central multimídia com tela de 10 polegadas também recebeu um novo sistema operacional PIVI pro que integra-se aos novos equipamentos e permite conexão sem fio com os aplicativos Apple CarPlay e Android Auto e já equipa o novo Land Rover Defender.

  • Novos mecanismos de tecnologia embarcada como sistema de câmeras 360 e capô transparente trazem ao motorista mais facilidade com manobras e uma visão integram do entorno do veículo.

    Continua após a publicidade

    Para melhorar o conforto e dirigibilidade, o Velar ainda recebeu suspensão pneumática a ar regulável.

    Lateral da nova Range Rover Velar 2021
    Divulgação/Land Rover

    Para as configurações básicas, novos ítens também foram incluídos de série como sensor de ponto cego, sistema Terrain Response da Land Rover, e sistema de som Surrond Meridian 3D de 750 W de potência.

    Além das mencionada adições, o modelo ainda conta com faróis em LED com DRLs integrados, assentos em Alcântara, rebatimento elétrico dos retrovisores e borboletas no volante de série.

    Novas rodas aro 21 da Range Rover Velar 2021
    Divulgação/Land Rover

    Para incrementar a customização, a Land Rover disponibilizará uma nova opção de rodas diamantadas de 22″ e duas novas opções de cores para a carroceria: Prata Hakuba e Azul Portofino.

    A nova linha 2021 do modelo estará disponível nas concessionárias à partir da última semana de fevereiro em duas versões: R-Dynamic SE e R-Dynamic HSE. Ambas são equipadas com a nova motorização.

    Range Rover Velar 2021
    Divulgação/Land Rover

    No entanto, para aqueles que quiserem adquirir o modelo, o preço será um pouco mais salgado. Parte dos R$ 520.050 para versão SE (antes, R$ 461.950) e R$ 565.350 para a versão HSE (antes, R$ 551.950).

    As versões disponíveis para pronta-entrega ainda contam com acréscimos do denominado “Pacote Brasil”, que já inclui os principais opcionais disponíveis. São R$ 27.000 a mais para a versão de entrada e R$ 30.600 para a HSE.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Quatro Rodas capa 741
    arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade