Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Saiba como o Sol e o calor podem prejudicar seu carro

Confira as dicas para proteger peças de plástico, borrachas, couro, tecido e a pintura do seu veículo da incidência de raios nocivos

Por Fernando Miragaya
Atualizado em 12 nov 2023, 10h41 - Publicado em 21 jan 2019, 09h00
carro em dia de sol
Materiais utilizados nos carros e que podem desgastar com o sol (Marcos Torres/Spiral 3/Quatro Rodas)

Com o verão vêm as férias, a praia e a piscina. Mas ele também traz calor e sol forte, que maltratam diariamente seu automóvel.

A luz solar é composta por raios infravermelhos (IR), que têm maior incidência até 10 da manhã e após as 15 horas. Ela gera muito calor e acelera a decomposição de partes plásticas e borrachas, além de afetar a pintura em combinação com outros agentes.

Já os raios ultravioleta (UV) agem mais entre 10 e 15 horas e geram energia com capacidade de separar moléculas e acelerar o envelhecimento de componentes orgânicos, como plásticos, fibras sintéticas e tintas. Como nem sempre há sombra disponível, entenda os riscos que o sol causa no seu carro e saiba como protegê-lo.

carro em dia de sol
Painéis de plástico sofrem desgaste mais rápido com radiação solar (Alexandre Battibugli/Quatro Rodas)

Partes plásticas do carro

Efeitos

Os painéis de plástico geralmente são os que mais sofrem com o sol. Como estão em um ambiente fechado, recebem a radiação solar e o efeito estufa da cabine, que pode chegar a 80oC. Essa combinação acelera o desgaste do material do painel e cria uma aparência de ressecamento.

“Essa alteração química também faz com que o material perca sua pigmentação e sua maleabilidade e passe a ser um material mais rígido e cortante”, explica Paulo Pêgas, doutor em engenharia do transporte do Ibmec-RJ.

Continua após a publicidade

Cuidados e limpeza

Os especialistas sugerem algumas medidas simples para combater a ação do sol. Películas escuras nos vidros diminuem a sensação térmica no interior do veículo.

Além disso, sabe aquele velho protetor de papelão que se coloca no para-brisa ao estacionar na praia? “O protetor aluminizado faz a reflexão dos raios solares e, na teoria, protege o interior do carro da radiação, principalmente do UV”, sugere Pêgas.

Para limpar as partes plásticas, remova antes a poeira – vale também para revestimento de portas e para frisos e para-choques externos feitos do material. Passe um pano úmido à base de água e sabão neutro.

A maioria dos fabricantes não recomenda o uso de produtos de limpeza para plástico por não conseguirem aferir a qualidade de todos os rótulos. Porém, há quem recomende aplicar uma leve camada de marcas de origem confiável e de boa reputação uma vez ao mês para hidratar a peça e formar uma camada protetora contra as ações solares.

Continua após a publicidade

“É preciso pesquisar bem o produto que vai usar e estar atento se, além de hidratar, a solução tem componente que reforce essa parte de proteção”, orienta Ricardo Abe, gerente de engenharia da Nissan.

carro em dia de sol
Tecidos dos bancos tendem a ficar manchados e amarelados (Nissan/Divulgação)

Tecidos do carro

Efeitos

Os tecidos tendem a ficar manchados e amarelados com a incidência constante do sol. Se combinados a líquidos derramados (refrigerante, suco etc.), podem resultar em manchas difíceis de remover e mau cheiro.

Cuidados e limpeza

Use aspirador de pó nos bancos e carpetes pelo menos uma vez por semana. Caso algum líquido seja derramado, limpe rapidamente o excesso com um pano úmido e depois passe uma solução com sabão neutro e deixe o automóvel aberto, na sombra, até tudo ficar seco. 

Continua após a publicidade
carro em dia de sol
Couro que reveste bancos e peças internas é sensível ao sol (Leo Sposito/Quatro Rodas)

Couro no carro

Efeitos

O couro é ainda mais sensível ao sol forte devido à sua composição. Os raios solares aceleram o aparecimento de rachaduras e manchas, além de desbotar o material com o tempo.

Cuidados e limpeza

No couro escuro, recomenda-se passar uma flanela seca uma vez por semana para retirar o pó. Para tons mais claros, pano úmido com sabão neutro e, por fim, um pano seco para remover a umidade. Nada de querosene, silicone, álcool ou vaselina.

E para hidratação, aplique produto específico em pouca quantidade. Vale passar um pano após a secagem para dar aquele brilho. E nunca use loção de hidratação corporal, isso é mito.

Continua após a publicidade
carro em dia de sol
Pneus podem ficar enrugados e ondulados com o calor (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Borrachas e pneus do carro

Efeitos

O sol acelera a perda de vulcanização do processo de cola das borrachas das portas, do limpador de para-brisa e das que fixam os vidros. Ao longo do tempo, o material resseca e apresenta rachaduras e ondulações, perdendo o poder de vedação. O mesmo ocorre com os pneus, que ficam com aquele aspecto enrugado de pele de elefante.

Cuidados e limpeza

Após passar um pano seco, é a vez do pano úmido. Em casos de muita sujeira, misture um pouco de detergente líquido neutro. Alguns especialistas recomendam a aplicação leve de silicone ou glicerina, mas é importante que seja em pouca quantidade e que nunca escorra para os vidros.

Para as vedações do teto solar, há produto específico à base de vaselina, em geral vendido nas concessionárias. Quanto aos pneus, após a lavagem do carro pode-se passar limpa pneu, mas prefira o que for à base de água, e não de óleo.

Continua após a publicidade

Espalhe uma leve camada apenas na borracha em volta do aro, nunca nas ranhuras e na banda de rodagem. Depois, remova o excesso com um pano seco.

Jeep Grand Cherokee Limited V6 3.6
Sol muito forte causa danos à pintura do carro (Marco de Bari)

Pintura do carro

Efeitos

As radiações UV podem resultar em defeitos na pintura automotiva, como craquelamento do verniz, delaminação, foto-oxidação ou descoloração.

Já o IR causa danos à pintura em combinação com algum outro componente químico presente no meio ambiente, como fezes de pássaros. Em exposição ao sol, a combinação pode causar danos na área suja, como se fosse um ataque químico, resultando em manchas.

Cuidados e limpeza

O ideal é sempre que possível retirar o excesso de poeira. Pó e fuligem expelida por veículos pesados em combinação com a poluição do ar e o sol podem ter efeito ácido na lataria e danificar a pintura. Além disso, deve-se lavar o carro a cada uma ou duas semanas, sempre na sombra e com a carroceria fria.

Encerar o carro pelo menos uma vez por mês também mantém uma camada protetora contra a sujeira e o sol.

“O enceramento ajuda a remover algumas sujeiras superficiais que, combinadas com o efeito da radiação solar, podem levar o metal do carro a temperaturas acima de 50oC, causando danos à pintura”, explica Fábio Shimozato, do Laboratório de Desenvolvimento da Basf, fabricante de tintas automotivas.

É preciso ficar atento também a riscos mais profundos e batidas, principalmente em cidades litorâneas ou com um índice de umidade alto. O polimento – que usa ceras mais abrasivas – é recomendado para proteger essas partes danificadas e evitar um princípio de corrosão em casos extremos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.