Clique e assine por apenas 8,90/mês

Ariel Atom ganha rendimento extra

Esportivo superleve passou a gerar nada menos que 700 cv

Por Márcio Murta - Atualizado em 9 nov 2016, 11h59 - Publicado em 2 ago 2012, 20h03
fabricantes

A preparadora DDMWorks divulgou nesta quinta-feira (2) um pacote de modificações para aprimorar o (já excelente) desempenho do Ariel Atom. Embora o esportivo de dois lugares originalmente pese apenas 613 kg e use um motor 2.0 16V Honda de 245 cv, o que lhe permite acelerações e retomadas rápidas, a empresa de modificação decidiu que o modelo ficaria mais “interessante” caso tivesse maior potência… Algo como 700 cv!

Para atingir este rendimento, o propulsor japonês K20 foi substituído por um 2.0 16V Ecotec, da Ford, equipado com um supercharger (para gerar força em baixas rotações) e um turbo, (para se encarregar da potência em altos giros). O novo rendimento exigiu uma série de modificações no Atom, o que inclui novos pneus da Toyo, modelo R888.

Para não sair — literalmente — rodando por aí, a DDMWorks inseriu no Atom um seletor de potência (que regula a pressão dos sobrealimentadores e quantidade de combustível injetada no propulsor), permitindo com que o motorista utilize “somente” 450 cv, 575 cv ou o rendimento máximo, para trafegar pelas ruas. O preço das modificações não foram revelados.

Publicidade