Clique e assine por apenas 5,90/mês

Afinal, o VW Nivus é maior ou menor que o T-Cross? Comparamos as dimensões

SUV cupê derivado do Polo é mais comprido e tem porta-malas maior

Por Leonardo Felix - 17 abr 2020, 07h00
VW Nivus (acima) e T-Cross (abaixo) Arte/Quatro Rodas

Uma das maiores surpresas entre as informações reveladas pela Volkswagen esta semana a respeito do Nivus, SUV cupê derivado do Polo que chegará às ruas em junho, está em seu tamanho.

O que mais deixou jornalistas e entusiastas do universo automobilístico intrigados foi o fato de ele ser “maior” do que o primo T-Cross em algumas dimensões.

Mas, afinal, em que o modelo que está para ser lançado ganha e em quais aspectos fica devendo ao SUV compacto já produzido em São José dos Pinhais (PR)? Destrinchamos as medidas divulgadas pela fabricante para esclarecer.

Sim, o Nivus é mais comprido do que o T-Cross. Seis vírgula sete centímetros, para ser mais preciso. Isso mesmo tendo uma distância entre os eixos de 2,566 metros, 8,5 cm menor do que os 2,651 m oferecidos pelo primo.

O segredo está na distribuição dos balanços. Enquanto os do Nivus têm proeminência (84,4 cm na dianteira e 85,6 cm na traseira), os T-Cross são bem compactos, em especial o traseiro (81,7 e 73,1 cm, respectivamente).

Por isso mesmo, só na porção final do chassi o Nivus é 12,5 cm mais longo, o que ajuda a explicar por que ele oferece generosos 415 litros de volume no porta-malas, enquanto o outro não passa de 373 litros (diferença de 42 l).

As dimensões de Nivus (acima) e T-Cross (abaixo) Arte/Quatro Rodas

A largura do Nivus ainda não foi divulgada. Ele aproveita a estrutura e as bitolas do Polo, o que poderia sugerir que manterá os 1,75 m do hatch. Porém, as molduras plásticas laterais devem deixá-lo mais largo, talvez até mais do que os 1,76 m do próprio T-Cross.

Continua após a publicidade

Só que este último é substancialmente mais alto: 1,57 metros contra 1,49 m do Nivus, uma diferença exata de 7,5 cm que se deve exclusivamente à silhueta da carroceria. É por isso que continuará passando a sensação de ser um carro maior (e cobrando valores mais caros para sair da concessionária.

Também é verdade que o SUV feito no Paraná também possui um vão livre do solo mais generoso, 19,1 vs 17,6 cm, mas isso se explica unicamente pelas distinções nos desenhos dos defletores nas caixas de roda.

Segundo a Volkswagen, os assoalhos de Nivus e T-Cross estão suspensos exatamente à mesma altura, o que indica que o primeiro herdou do segundo um acerto muito semelhante de suspensões.

Nivus terá largura bem parecida, mas será mais baixo que o T-Cross Arte/Quatro Rodas

Tampouco o peso do Nivus foi divulgado, mas a julgar que um Polo Highline 200 TSI possui 1.174 kg e um T-Cross Comfortline 200 TSI, 1.252 kg, podemos estimar que o Nivus Highline deve ficar um pouco acima dos 1.200 kg.

Ao mesmo tempo, seu coeficiente aerodinâmico deve ser mantido na casa de 0,34 ou 0,35 Cx, contra 0,344 Cx do Polo e 0,362 do T-Cross.

Ou seja: um Nivus 200 TSI deve ser mais ágil e econômico do que um T-Cross, mas não do que um Polo com a mesma motorização.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de abril da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade