Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Essa caixinha de R$ 350 faz qualquer Android Auto ter conexão sem fio

Basta conectar o AAWireless ao carro para que ele substitua o papel dos cabos USB. Dispositivo já está à venda

Por Eduardo Passos Atualizado em 25 jan 2021, 20h19 - Publicado em 26 jan 2021, 08h00
AAWireless promete levar a qualquer carro com Android Auto a tão sonhada função wireless
AAWireless promete levar a qualquer carro com Android Auto a tão sonhada função wireless Indiegogo/Divulgação

A ideia de depender do cabo USB para utilizar interfaces Android Auto e Apple CarPlay parece cada dia mais incômoda. Pensando nisso, o Google até já liberou a versão sem fio do programa, mas ainda são pouquíssimas os carros já compatíveis com a função.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

É para driblar essa limitação que foi lançado o AAWireless, um pequeno dispositivo que transforma o Android Auto de qualquer carro numa versão que dispensa a conexão por cabos.

Do tamanho de uma caixinha de fósforos, o gadget foi desenvolvido pelo holandês Emil Borconi-Szedressy e financiado coletivamente no site Indiegogo. A ideia fez tanto sucesso que mais de R$ 5 milhões foram arrecadados e a ideia saiu do papel com sucesso.

Já à venda, o AAWireless funciona de modo simples: basta conectá-lo à porta USB e realizar, via aplicativo, o pareamento com o smartphone. O celular, via rede Wi-Fi dedicada, transmite todos os dados de mapas, chamadas e aplicativos à caixinha, que os repassa ao carro. Todas as funcionalidades do Android Auto rodam normalmente.

Continua após a publicidade
Aplicativo do AAWireless orienta a conexão com o celular
Aplicativo do AAWireless orienta a conexão com o celular Indiegogo/Divulgação

Dentre os requisitos operacionais, há apenas necessidade que o celular tenha Android 9.0 ou superior instalado — algo existente na maioria dos telefones. Não há, entretanto, suporte a qualquer versão do Apple CarPlay.

O AAWireless cumpriu a fase de prototipagem com sucesso e está à venda no Indiegogo por US$ 65 — cerca de R$ 350. É muito mais barato que trocar a central multimídia do carro e não gera riscos à garantia do veículo.

Até o momento mais de 3600 pessoas garantiram a pecinha, com entrega prevista para março.

Os primeiros apoiadores já receberam suas caixinhas. Quem comprá-la agora deve recebê-la até março
Os primeiros apoiadores já receberam suas caixinhas. Quem comprá-la agora deve recebê-la até março Indiegogo/Reprodução

Cerca de 350 dispositivos já foram entregues, e relatos dão conta de que o produto funciona como prometido, com apenas alguns bugs ocasionais. De acordo com Borconi-Szedressy, haverá atualizações constantes, feitas via internet, que seguirão melhorando a qualidade do seu invento.

Seja pelas versões sem fio das interfaces veiculares ou pelo carregamento por indução, a era dos cabos USB nos carros parece estar perto do fim.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas capa 741
arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade