Guia de Usados: Fiat Grand Siena, o sedã que não era bi, era tetra

O espaçoso sedã nacional agrada pelo design e pela praticidade, mas seus donos reclamam das falhas mecânicas e de acabamento

Lançado em 2012, é basicamente o mesmo até hoje Lançado em 2012, é basicamente o mesmo até hoje

Lançado em 2012, é basicamente o mesmo até hoje (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Derivado do Palio de segunda geração, o Grand Siena estreou aqui em 2012 posicionado entre o Siena EL (que usava a carroceria de 1997) e o Linea. Destacou-se pelo estilo próprio e pela evolução no espaço interno e nível de equipamentos.

Virou um dos sedãs mais vendidos graças ao porta-malas de 520 litros e duas versões de acabamento.

A básica, Attractive, tinha o motor Fire Evo 1.4 com 85/88 cv, sempre com direção assistida, duplo airbag e ABS. Atenção com o ar-condicionado, opcional até 2015. Mas de série trazia sensores de ré, de faróis e de chuva, banco do motorista com regulagem de altura e rodas de liga.

A Attractive era a base para a interessante versão Tetrafuel, que queimava gasolina brasileira, etanol, gasolina sem adição de etanol e GNV – mas os cilindros de gás reduziam o porta-malas para 390 litros.

Porta-Malas é o destaque: 520 litros Porta-Malas é o destaque: 520 litros

Porta-Malas é o destaque: 520 litros (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Desempenho é com a versão Essence, sempre com o motor E.torQ 1.6 16 válvulas e seus 115/117 cv de potência. É caracterizado pelas rodas de liga aro 16 e pelos frisos laterais cromados. Entre os opcionais, há airbags laterais e câmbio automatizado Dualogic.

Em 2013, o Essence disponibilizou o pacote Sublime: faróis com máscara cinza, grade e retrovisores externos em cinza metalizado, rodas com pintura exclusiva e bancos em couro bicolor.

Outro detalhe interessante do modelo 2013 foi o câmbio Dualogic Plus, com as novas funções Creeping (permite manobras em marcha lenta mais suaves) e Auto-Up Shift Abort (identifica a retomada e evita a mudança para a marcha acima). 

Fiat Grand Siena Espaço razoável e três apoios de cabeça na traseira

Espaço razoável e três apoios de cabeça na traseira (Marco de Bari/Quatro Rodas)

A única reestilização do Grand Siena ocorreu em 2017: uma nova grade com filetes horizontais em preto brilhante e moldura cromada.

Esse ano/modelo marcou o fim da Tetrafuel e a chegada da Attractive com o antigo motor 1.0 Fire Evo. Entre todas as versões, esta é a menos indicada: seus 75 cv sofrem para embalar os 1.133 kg do sedã, exigindo muita cautela na estrada quando carregado.

Outra reclamação é a garantia: 36 meses para motor e câmbio e 24 para o restante. A manutenção é facilitada pela rede de mais de 600 autorizadas, mas alguns itens não são encontrados a pronta entrega, o que fomentou uma indústria de peças paralela.

Onde o bicho pega

Fiat Grand Siena Câmbio e acabamento de plástico demandam cuidados

Câmbio e acabamento de plástico demandam cuidados (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Câmbio – O principal defeito é no retentor do trambulador, cuja falha gera vazamento de óleo. Em geral, isso é causado pelo desgaste prematuro da embreagem.

Suspensão – São frequentes os relatos de barulhos na suspensão, o que já foi abordado na seção Autodefesa. Antes da compra, cheque sempre buchas, batentes, bieletas e amortecedores.

Acabamento – O excesso de plásticos duros de baixa qualidade nos difusores de ar e em outras partes do interior é uma receita perfeita para peças riscadas ou quebradas. Também pode indicar uma quilometragem superior à do hodômetro.

Dualogic – Verifique se o câmbio mostra falhas ou hesitações nos comandos. Funcionamento irregular com excesso de trancos pode ser solucionado com uma atualização do software.

Recalls – O primeiro é da má fixação do volante com a barra de direção, para  modelos produzidos de junho de 2013 a maio de 2014. Já os modelos fabricados de maio a julho de 2014 podem apresentar trincas na superfície do volante. O terceiro é para o ano/modelo 2016/2017 por um defeito no alternador, que pode desligar o motor com o veículo em movimento.


A voz do dono

Nome: Anderson Esteves Alves
Idade: 39 anos
Profissão: comerciante
Cidade: Alfenas (MG)

O que eu adoro – “Ótimo rendimento: o motor Fire Evo 1.4 garante consumo baixo e desempenho adequado. É um carro familiar ideal: confortável, com muito espaço interno e um excelente porta-malas.”

O que eu odeio – “Tive problemas com a embreagem e com a espuma do banco do motorista, mas o mais incômodo é o barulho na suspensão, principalmente em dias de chuva. É inadmissível num carro como esse.”


Nós dissemos

 (Reprodução/Quatro Rodas)

Abril de 2012 – “Em relação ao modelo anterior, o recém-chegado cresceu 6,1 cm na largura, ganhou 13,5 cm no comprimento e ficou 5,3 cm mais alto. Além do aumento nas dimensões externas, a lista de equipamentos também ficou mais generosa. É o primeiro sedã compacto a vir de série com freios ABS e airbags.”

Veja também

PREÇO MÉDIO DOS USADOS (FIPE)

MODELO 2012 2013 2014 2015 2016 2017
Attractive 1.0 8V 38.099
Attractive 1.4 8V 28.217  32.153 33.324 36.386 39.291 43.168
Tetrafuel 1.4 8V 32.496  34.184 38.443 43.790
Essence 1.6 16V 27.777  33.115 35.205 38.659 42.469 47.390
Essence Sublime 1.6 16V

37.701  39.496 42.824 45.230 49.572
Essence 1.6 16V Dualogic 

29.104 32.764  35.881 39.936 43.254 49.945
Essence Sublime 1.6 16V Dualogic 37.151 40.878 45.193 50.902

Preço das peças

PEÇAS ORIGINAL PARALELO
Para-choque (dianteiro) 1.400 290
Farol completo (cada um) 700 250
Pastilha de freio (par dianteiro) 245 80
Disco de freio (par dianteiro) 590 120
Amortecedores (jogo) 1.220 1.100

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Leandro Rosa

    Tem informação errada. Tive um Attractive 1.4 2012-2012 e não tinha nem sensor de ré de série e nem regulagem de altura do banco do motorista. E nem nos anos seguintes o Attractive recebeu esses ítens. No mais, um ótimo carro. Econômico e com bom espaço. O problema dos barulhos na suspensão, no meu caso, a concessionária resolveu na garantia.

  2. Luis Ferreirinha

    Estou no meu terceiro G.Siena. O segundo 1.6. Muito satisfeito com o carro. Antes de comprar o mais recente, há duas semanas, elenquei alguns modelos concorrentes, porém nenhum conseguiu me atrair. Recomendo.