Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

GWM anuncia 100 pontos de recarga e já tem 5 modelos registrados

As estações de recarga ficarão nos pontos de vendas e serviços da GWM, além de comércios, e servirão a carros de qualquer marca

Por Guilherme Fontana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 dez 2022, 23h45 - Publicado em 17 mar 2022, 18h14

Já com uma fábrica praticamente pronta e um investimento local de R$ 10 bilhões anunciados, a chinesa Great Wall Motor segue nos preparativos para a sua estreia no Brasil. Desta vez, a fabricante deu um passo à frente em infraestrutura e anunciou a instalação de uma rede de pontos de recarga. Além disso, ao menos cinco modelos já foram registrados por aqui.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Segundo o plano anunciado na última quarta-feira (16), em conjunto com o Governo do Estado de São Paulo, a GWM instalará 100 pontos de recarga em todo o estado de São Paulo até o final de 2023. Eles ficarão, principalmente, nos pontos de vendas e serviços da marca, mas também estarão presentes em estabelecimentos comerciais, como shoppings, supermercados e estacionamentos.

gwm
Lanternas são mais elaboradas que as das picapes que conhecemos no Brasil (Great Wall/Divulgação)

Todos os pontos serão gratuitos e estarão disponíveis para modelos de qualquer fabricante. A empresa diz que a rede de recarga será alimentada, preferencialmente, com energia limpa, prevendo a instalação de placas fotovoltaicas onde por possível. Uma segunda fase do plano prevê a instalação de pontos nos demais estados brasileiros.

Modelos já registrados

A ofensiva que inclui a instalação de pontos de recarga tem um motivo bem claro: a Great Wall chegará ao Brasil vendendo exclusivamente carros híbridos ou elétricos. Isso acontecerá já no final de 2022, ainda com modelos importados. A nacionalização acontecerá somente em meados de 2023. Até lá, a empresa trabalhará na modernização de sua fábrica em Iracemápolis (SP), que antes pertencia à Mercedes-Benz.

Compartilhe essa matéria via:
Haval H6
Novo H6 ajudou Haval – marca de SUVs da Great Wall – a bater recordes de venda na Rússia (Divulgação/Divulgação)

Ainda não se sabe exatamente quais modelos serão vendidos por aqui, já que muitos deles terão especificações diferentes para o Brasil ou aguardarão a troca de geração. Fato é que a marca comercializará apenas SUVs e picapes inicialmente, segundo anunciou, e já registrou alguns deles por aqui. Ao todo, serão lançados 10 modelos até 2025.

Cinco carros já foram registrados no Brasil através do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial): a picape Cannon, o SUV H6S e os exóticos Wey Fuguchaojia e ORA Good Cat. 

Continua após a publicidade
Great Wall DHT LEMON WEY HAVAL H6S (4)
H6S é um SUV cupê híbrido com dois motores elétricos (Great Wall/Divulgação)

Embora o H6 convencional deva chegar primeiro por aqui, é o H6S que tem o seu registro garantido no INPI. Ele é nada mais do que a versão cupê do primeiro, e que, segundo a marca, tem visual inspirado no tubarão branco – com direito a dois aerofólios fazendo as vezes de barbatanas.

Entre as opções de motorizações está o conjunto que combina um motor 1.5 turbo a outros dois elétricos, resultando em 243 cv e 54 kgfm, a mais provável para chegar por aqui.

Continua após a publicidade
Great Wall King Kong Cannon
Great Wall King Kong Cannon (Carscoops/Reprodução)

A picape Cannon, também cotada para chegar logo de cara por aqui, já tem registro no país. Lá fora, a picape pode ser equipada com motor 2.0 turbo a gasolina ou diesel. Curiosamente, ela ainda não possui versões eletrificadas, o que precisará ser feito para que ela desembarque no Brasil.

Great Wall Série P
Great Wall Poer (Great Wall/Divulgação)

Outra picape, a Série P nasceu com a missão de fazer da Great Wall uma das maiores fabricantes de picapes no mundo. Para o Brasil, foi registrada com um visual mais aventureiro, com molduras proeminentes, pneus off-road, snorkel e gancho para reboque. Assim como a Cannon, ainda precisa passar pela eletrificação para ser vendida aqui.

Great Wall Wey é a cópia chinesa elétrica do Fusca cheia de exageros
Great Wall Wey Fuguchaojia Fuguchaojia FuguchaojiaFuguchaojiaé a cópia chinesa elétrica do Fusca cheia de exageros (Great Wall/Divulgação)

O terceiro modelo registrado é o exótico Wey Fuguchaojia, uma espécie de cópia chinesa elétrica do Volkswagen Fusca, com quatro portas, algumas modernidades e vários exageros, como a imensa grade cromada. Este, caso chegue (já que certamente não agradará ao gosto brasileiro), ainda deverá demorar alguns anos.

Elétrico, o ORA Good Cat é um pequeno crossover com visual de Porsche
Elétrico, o ORA Good Cat é um pequeno crossover com visual de Porsche (Great Wall/Divulgação)

Por fim, também exótico, o crossover elétrico ORA Good Cat se inspira nos Porsche, com pitadas de Fusca (mais uma vez ele!). O motor entrega 145 cv de potência e 21,4 kgfm de torque, com autonomia de mais de 400 km no ciclo WLTP.

Continua após a publicidade

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! (Arte/Quatro Rodas)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.