Clique e assine por apenas 8,90/mês

Picape chinesa anti-Hilux que quer dominar o mundo é registrada no Brasil

Great Wall Série P nasceu com missão de fazer marca chinesa ser uma das maiores fabricantes de picapes no planeta, ao lado de Ford e GM

Por Leonardo Felix - 2 jun 2020, 11h44
Versão invocada da Great Wall Série P Great Wall/Divulgação

O Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) costuma trazer registros curiosos. O desta terça-feira (2) nos deixou deveras intrigado.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Trata-se do desenho de um dos membros da Série P, família de picapes da chinesa Great Wall criada para dividir com a Ford Série F e a GM o protagonismo global no mercado de utilitários com caçamba.

Registro da Série P no Inpi Inpi/Reprodução

Caso você não tenha levado muito a sério essa meta, saiba que a Great Wall já é a líder em vendas de picapes e SUVs no gigantesco mercado chinês, o que não é pouco.

Continua após a publicidade
A Série P com roupagem mais civil Great Wall/Divulgação

O objetivo, nos próximos anos, é vender 200 mil unidades da Série P ao redor do mundo. Será que o Brasil é um dos mercados de destino da picapona? Difícil esperar, visto que a Great Wall sequer opera por aqui.

Lanternas são mais elaboradas que as das picapes que conhecemos no Brasil Great Wall/Divulgação

Todavia, a Série P é construída com chassis sobre longarinas em sobre uma plataforma denomina P71. E, segundo o fabricante, oferece mais de 100 combinações entre visual, tipo de cabine e motorização.

Interior lembra o de um Toyota SW4 Great Wall/Divulgação

O modelo registrado no Brasil tem pegada mais aventureira, ao estilo Ram 1500 Rebel: moldura proeminente em preto fosco na grade, apliques nas caixas de rodas, pneus de off-road, snorkel e gancho para reboque.

Nas variantes a combustão, o motor é um 2.0 turbo a gasolina de 200 cv, que pode ser gerenciado por câmbio manual de seis marchas ou automático de oito. Este último, fornecido pela ZF, é o mesmo da nossa VW Amarok.

Continua após a publicidade
Há até uma variante elétrica Great Wall/Divulgação

A tração é 4×4, com prioridade às rodas traseiras e direito a diferencial central blocante e 90 cm de capacidade de imersão. Entre os itens de destaque estão piloto automático adaptativo e assistente de estacionamento. Também há uma variante elétrica.

Modelo tem porte de picape média, mas com opção de carroceria mais estendida Inpi/Reprodução

Suas dimensões são de picape média, um pouco maiores que as da Toyota Hilux: 5,36 m de comprimento, 1,88 m de largura e altura, e 3,23 m de entre-eixos.

Mas há opções alongadas, com até 5,60 m de comprimento, 3,41 m de entre-eixos e 1,93 m de largura.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade

Publicidade