Falhas no Cruze automático

Donos relatam riscos ao deixar o carro estacionado

auto-defesa auto-defesa

auto-defesa (/)

O padrão do mercado hoje para um carro automático é permitir que o motorista só retire a chave do contato quanto a alavanca estiver na posição P (parking). Esse procedimento garante que o veículo estará sempre engrenado e, portanto, imobilizado mesmo quando estiver estacionado em ladeiras. Um modelo que não tem seguido esse padrão é o Chevrolet Cruze LT, hatch ou sedã, que tem recebido críticas de seus proprietários, tanto pelo risco de poder deixar o sedã estacionado sem o câmbio na posição P como por possíveis falhas no freio de estacionamento.

Um desses proprietários é o arquiteto Edmilson Baréia, de Barretos (SP). “Um dia estacionei meu Cruze com o câmbio na posição D. Após 7 minutos, o veículo começou a descer a garagem, que é quase plana, arrebentou o portão, atravessou a rua e quebrou o portão da casa em frente à minha”, diz. “Já que o câmbio está na posição D [Drive], o Cruze deveria estar engatado. O carro deixou que eu tirasse a chave do contato”, diz Edmilson.

Problema semelhante teve a advogada Nádia Furlan Masculli, de Valinhos (SP). “Parei em uma ladeira perto do meu escritório. Uma hora depois me chamaram dizendo que ele havia descido a rua e batido na árvore. Quando cheguei ao local, o freio de mão estava acionado e o câmbio em D. Como o carro andou de ré com o câmbio engatado em D?”

Relatos como os de Edmilson e Nádia já começam a virar motivo de preocupação para alguns proprietários de Cruze. “Depois de ter lido sobre casos de acidentes, passei a ficar com medo de o freio de mão não segurar o carro”, diz Thiago Gomes, de São Paulo.

O mais curioso, no entanto, é que o problema não afetaria a versão LTZ, topo de linha, mas atingiria também os modelos Onix, Sonic e Cobalt. Solicitamos a análise de um Cruze LT 2012 automático para a empresa Brasilautomático, centro técnico em São Paulo especializado em transmissões automáticas, que detectou dois problemas com o sistema. “O primeiro é que a chave pode ser retirada do contato ao se desligar o veículo, com a alavanca de seleção de marchas em qualquer posição. Normalmente, os veículos com transmissão automática só liberam a retirada da chave da ignição com a alavanca na posição P”, diz o laudo técnico da empresa.

Outro problema verificado foi que o sedã não permanece imobilizado pelo câmbio quando a alavanca está em outra posição que não seja a P. “Acreditamos que seja resultado de um sistema que equipa esse veículo que põe a transmissão em Neutro, mesmo com a alavanca em outra posição, caso o carro esteja parado.”

O POVO RECLAMA

“Parei o carro na entrada de uma casa e algumas horas depois vi que o carro tinha atravessado a rua até parar encostado na outra calçada.”

Gilmar Dias Barcelos, representante comercial, Pelotas (RS), dono de um Cruze LT 2012

“Quando voltei do trabalho, me avisaram que meu carro havia descido a rua e batido, mesmo com o freio de mão puxado.”

Mariana Perroni, médica, São Paulo (SP), dona de um Cruze LT 2013

RESPOSTA

A GM diz que não tem conhecimento de reclamações envolvendo falhas do freio de mão do Cruize. Sobre a retirada da chave em qualquer posição do câmbio, ela afirma que o procedimento está correto, desde “que se desligue o motor”.

CONTE-NOS SEU PROBLEMA

Seu carro tem algum defeito de fabricação ou de projeto que o deixa irritado? Ouviu falar de problema que mereça um recall? Passou por uma situação em que seus direitos de consumidor foram violados? Então escreva para nós: 4rodas.abril@abril.com.br

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Julio Cesar Mota

    Estes são aqueles tipos de usuários que nem deveriam dirigir carros pois são ineptos! Quer dizer então que “o carro permitindo” a retirada da chave é desculpa para que o cara esqueça de puxar o freio de estacionamento? Ah me poupem, mas é cada tipo de usuário que precisa de babá pra auxilia-los em tudo! Porque então as fábricas não inventam um carro com um robô que dirige, sozinho, e ainda satisfazem sexualmente estes tipos de usuario não é? Ah! que pena, estes tipos de usuário reclamariam disso tambem…