Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Donos de BMW reclamam de problemas com a bomba de combustível

Problemas continuam mesmo após o recall feito pela marca

Por Waldez Carmo Amorim Atualizado em 11 Maio 2021, 13h39 - Publicado em 24 jan 2018, 18h23
Luyza: aviso de avaria no painel e carro falhando
Luyza: aviso de avaria no painel e carro falhando Raul Mattar/Quatro Rodas

Em junho de 2015, a BMW anunciou o recall de dez modelos no Brasil por falhas de funcionamento da bomba de combustível, com risco até de desligamento do motor em movimento.

Mas, segundo proprietários, oficinas especializadas e concessionárias, a marca deveria ter incluído na lista outros modelos, como o X1 e o X3, que já teriam apresentado o mesmo defeito.

Entre esses casos esquecidos, está o da advogada Luyza Marks de Almeida, de Curitiba (PR). “Logo após comprar o carro, percebi que havia um barulho diferente no motor e que a rotação ficava alterada.

Além disso, quando eu acelerava, o motor engasgava; quando freava, ele morria”, conta a dona de um BMW X1 2015. “A autorizada alegou que a bomba estava comprometida e teria de ser trocada.”

Se o veículo de Luyza demonstrava as falhas mais graves, a falta de potência é quase unanimidade. “Primeiro meu X3 2015 apresentou a mensagem no painel e depois o motor passou a falhar e perder potência”, diz o economista Hélio Alexandre Popi, de Pedro Leopoldo (MG). “O conserto era caro: R$ 7.887 pela bomba e R$ 725 pelo seu sensor.”

Continua após a publicidade

Dono de um X3 2011, Maxwell Concesso, de Belo Horizonte (MG), diz que o carro também sofreu com panes em outros sistemas, além da perda de potência. “Uma vez o motor falhou bem no meio de uma ultrapassagem.”

Consultamos seis autorizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Santa Catarina, e todas confirmaram conhecer o problema, cuja única solução é a troca da bomba. “Fizeram o recall para alguns modelos, mas ainda há muitos outros da linha 2013 até 2015 que receberam a peça defeituosa”, revela o chefe de oficina de uma concessionária BMW do Rio.

Questionada sobre o problema, a BMW do Brasil respondeu apenas que “são avaliados individualmente casos envolvendo problemas com bombas de combustível, já que suas causas podem ter origens distintas, inclusive pelo uso de combustível de baixa qualidade”.

  • O POVO RECLAMA

    “Meu carro apresentou o defeito na bomba de combustível logo depois da compra. A concessionária trocou a peça, mas o veículo nunca mais foi o mesmo. Por isso, eu preferi vender.” – Bahram Khorramchahi, arquiteto, São Paulo (SP), proprietário de um BMW X1 2015

    “Além da alteração de desempenho do motor, inclusive em ultrapassagens, outros componentes do veículo começaram a apresentar uma mensagem de erro.” – Maxwell Concesso da Silva, administrador de empresas, Belo Horizonte (MG), dono de um BMW X3 2011

    Continua após a publicidade
    Publicidade