Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

VW Saveiro Robust é (bem) simples para ser a picape mais barata do Brasil

Picape em sua versão de entrada não vem nem com rádio e nem com computador de bordo, mas tem dinâmica louvável

Por Isadora Carvalho Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 7 jun 2024, 13h46 - Publicado em 9 abr 2024, 17h00

No lançamento da Volkswagen Saveiro 2024, os holofotes estavam voltados para a versão topo de linha Extreme. Mas quem fez a picape compacta voltar a aparecer no ranking de vendas foi sua versão mais barata, a Saveiro Robust, e não foi sem motivo: esta é a picape mais barata do Brasil: por R$ 98.670, é a última que custa menos de R$ 100.000.

Para conseguir esse título, a VW teve que fazer uma série de concessões e retirar equipamentos que já são banais nos carros zero km. Mesmo assim, a Saveiro Robust ainda pode ter algumas vantagens tanto em relação a versão mais cara quanto na comparação com a Fiat Strada Endurance, a versão de entrada da picape líder de mercado.

Foco no trabalho

A versão nova Saveiro Robust é uma picape de trabalho. Boa parte do seu público é composto por frotistas ou mesmo autônomos, que usam o picape para o transporte de cargas.

É muito simples diferenciar a versão mais barata da Saveiro 2024, pois só ela traz o para-choque, retrovisores e maçanetas sem pintura – só a partir da Trendline, intermediária, que essas peças são da cor do veículo. E isso não é para conferir um ar de aventureiro, é para reduzir custos de produção mesmo. 

45_saveiro_robust_2FLP7327

Continua após a publicidade

Esqueça, também, a barra cromada que une os faróis halógenos, pois inexiste na opção mais barata. A Saveiro Robust só passou a contar com os fárois diurnos, DRL, de série, que traz mais segurança ao trafegar durante o dia na cidade e na estrada, porque passaram a ser obrigatórios. Tanto que não tem faróis de neblina, que na Trendline é opcional.

47_saveiro_robust_2FLP7338

A ideia é baratear a produção dessa versão, mas também reduzir o custo de manutenção e, segundo a VW, é essa a explicação da adoção das rodas em aço de 15” com calotas calçadas com pneus 205/60. 

42_saveiro_robust_2FLP7315

Não é uma picape com apelo off-road, mas é válido considerar os ângulos de entrada e saída. Tem 23,8° na frente – quase o mesmo da Strada que tem 24 – e o vão livre do solo é de 19,6 cm (a rival tem 21,4 cm) e o ângulo de saída é de 27,6 graus – também praticamente o mesmo da Strada, que tem 28 graus.

Continua após a publicidade

Superioridade está no eixo traseiro

O eixo traseiro tem a explicação para muitos preferirem a picape da VW, mesmo sendo menos moderna e com menos capacidade de carga que a Strada. É do tipo eixo de torção com molas helicoidais de dupla ação, enquanto a Strada é equipada com eixo rígido ômega com feixe de molas semielípticas.

04_saveiro_robust_2FLP7321

O comportamento dinâmico da Saveiro é mais estável e a suspensão filtra melhor as imperfeições do piso, desempenho acompanhado pela direção firme. 

Por optar por usar o eixo rígido, a Strada filtra menos as irregularidades do pavimento e os movimentos verticais de uma roda afetam diretamente o outro lado – proporcionando aquele sacudir característico de picapes maiores e montadas sob chassi. Mas também há quem prefira isso pela robustez a longo prazo.

43_saveiro_robust_2FLP7317

Continua após a publicidade

A picape da VW traz uma vantagem histórica em relação à da Fiat que são os freios a disco nas quatro rodas, presentes em todas as versões desde 2015 (quando abandonou seus tambores problemáticos e barulhentos), e que permanecem na linha 2024. A Strada traz discos ventilados na dianteira e tambores na traseira.

Na prática, por ambas terem tração dianteira, entre 70 e 80% da frenagem é realizada pelos freios das rodas dianteiras, portanto não houve uma diferença significativa entre as provas de frenagem das picapes.

33_saveiro_robust_2FLP7297

A tampa da caçamba é aberta pelo logo, um charme pra compensar a simplicidade. Ela não tem amortecimento, mas é bem leve. Já a Fiat Strada tem a tampa da caçamba bem mais pesada e não tem a abertura em duplo estágio presente na Saveiro. 

A Saaveiro Robust ainda carrega 26 kg a mais que a versão topo de linha, com 664 kg, e um volume bem maior também, com 924 litros. Só não ganha da capacidade da rival Strada que traz 720 kg e 1.354 litros.

Continua após a publicidade

37_saveiro_robust_2FLP7306

Cabine dos anos 2000

A cabine da Saveito tem o poder de fazer a gente voltar para os anos 2000. Há excesso de plástico rígido e não tem computador de bordo, logo, não é possível verificar a autonomia e muito menos o consumo médio – informações essenciais para quem roda com a picape para trabalho.

05_saveiro_robust_2FLP7376

Entre os elementos que tem o poder de te fazer voltar no tempo: o ajuste manual dos retrovisores, a tampa de plástico para cobrir o buraco deixado por não ter rádio e os botões giratórios do ar-condicionado. 

06_saveiro_robust_2FLP7382

Continua após a publicidade

Mas vamos ser justos a Strada Endurance também não tem rádio e nem retrovisores elétricos, mas compensa ao oferecer computador de bordo e acabamento mais moderno e esmerado. 

16_saveiro_robust_2FLP7407

O espaço da cabine merece elogios e tem, inclusive, 1 cm extra para as pernas em relação a Extreme. Os bancos são de tecido com uma costura aparente para disfarçar a simplicidade e a densidade da espuma pareceu de boa qualidade e não incomodou após algum tempo dirigindo.

27_saveiro_robust_2FLP743029_saveiro_robust_2FLP7437

Como anda a Saveiro Robust?

A plataforma continua a mesma do último Gol (de 2008). Por isso a Saveiro é o último carro equipado com o motor 1.6 16V aspirado de 116 cv e 16,1 kgfm (o EA211, que chegou recalibrado para atender a fase L7 do Proconve) combinado unicamente com câmbio manual de cinco marchas.

O casamento motor e câmbio é harmonioso graças ao engates curtos e precisos da transmissão e as cinco marchas mostram-se suficientes para a rodagem urbana, porém na estrada uma sexta marcha seria bem-vinda e evitaria que o motor tivesse que trabalhar em um giro mais alto (cerca de 3.500 rpm) – com o ruído invadindo a cabine.

50_saveiro_robust_2FLP7348

Nós levamos para pista a Robust e foi ligeiramente mais rápida que a Saveiro Extreme,  cravando o 0 a 100 km/h em 12,4 segundos enquanto a Extreme cravou em 12,7 segundos. Ambas foram mais rápidas que a Fiat Strada Volcano 1.3 firefly que é um pouco menos potente e fraca (107 cv e 13,6 kgfm), cravando 13,1 segundos no 0 a 100 km/h.

Na retomada de 40 a 80 km/h e de 80 a 120 – os números das duas versões são próximos, mas na retomada de 60 a 100 km/h (muito utilizada em rodovias e com a picape carregada) a Robust tem vantagem de quase 1,5 segundo levando 12,9 segundos para cumprir essa prova.

30_saveiro_robust_2FLP7439

No consumo a versão mais simples também leva vantagem alcançando 12,7 km/l na cidade enquanto na estrada chega a 15,5 km/l – contra médias de 12 km/l e 15,6 km/l, da Saveiro Extreme, respectivamente. Porém continua mais gastona que a Strada manual com as médias de 12,9 km/l na cidade e 17 km/l na estrada. 

Preços da Volkswagen Saveiro 2024

A Saveiro Robust não ultrapassa a casa dos R$ 100.000 saindo por R$ 98.670 – exatos R$ 4.820 mais barata que a Strada Endurance – que é indiscutivelmente mais moderna e equipada. 

03_saveiro_robust_2FLP7267

É bom lembrar que existe mais uma versão com cabine simples na linha Saveiro. A Trendline acrescenta para-choque, retrovisores e maçanetas da cor do veículo, retrovisores elétricos e computador de bordo. E ainda permite acesso a dois pacotes opcionais que podem equipar a picape com central multimídia, câmera de ré e até rodas de liga leve – mas custa R$ 102.490.

Por mais que tenha projeto mais antiquado, essa última atualização da Saveiro teve efeito nas vendas: já é a segunda picape mais vendida no acumulado de 2024 ultrapassando a Fiat Toro. Mas o mercado ainda prefere a Strada, que fechou 2023 com mais de 120.000 unidades vendidas.

02_saveiro_robust_2FLP6903

Dá pra entender essa evolução nas vendas. Apesar do estilo ultrapassado e da plataforma antiga a Saveiro ainda tem vantagens significativas e aos olhos de quem quer a picape mais simples possível apenas para trabalho a Robust pode ser uma boa opção. Porém, a realidade é que qualquer alteração no preço da Strada mais barata pode atrapalhar as suas vendas consideravelmente.

Ficha Técnica – VW Saveiro Robust 2024

Motor: flex, dianteiro, transversal, 4 cil., 16V, 1.598 cm³, 106/116 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol), 15,4/16,1 kgfm a 4.000 rpm (g/e)
Câmbio: manual, 5 marchas, tração dianteira
Direção: hidráulica, 12,3 m (diâmetro de giro)
Suspensão: ind. McPherson (diant.), eixo de torção (tras.)
Freios: disco ventilado (diant.), sólido (tras.)
Pneus: 205/60 R15
Peso: 1.135 kg
Dimensões: comprimento, 449,3 cm; largura, 172,1 cm; altura, 156 cm; entre-eixos, 275,2 cm; caçamba, 580 litros; capacidade de carga, 638 kg

Teste Quatro Rodas – VW Saveiro Robust 2024

Aceleração
0 a 100 km/h 12,4 s
0 a 1.000 m 33,8 s – 152,5 km/h
Velocidade máxima 178 km/h*
Retomadas
3a 40 a 80 km/h 8,5 s
4a 60 a 100 km/h 12,9 s
5a 80 a 120 km/h 24,4 s
Frenagens
60/80/120 km/h a 0 14,4/25,7/60,8 m
Consumo
Urbano 12,7 km/l
Rodoviário 15,5 km/l
Ruído interno
Neutro/RPM máx. 34,1/61,4 dBA
80/120 km/h 72,7/75,1 dBA
Aferição
Velocidade real a 100 km/h 95 km/h
Rotação do motor a 100 km/h em 5 2.750 rpm
Volante 2,7 voltas
Seu Bolso
Preço básico R$ 98.670
Garantia 3 anos

Condições de teste: alt. 660 m; temp., 34°C; umid. relat., 50%; press., 758 kPa

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.