Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Longa Duração: Fiat Strada tem cobranças estranhas na revisão de 50.000 km

Fiat Strada Volcano retorna a Minas Gerais para a revisão dos 50.000 km. Teve troca de pastilhas, mas também a cobrança de itens que não estavam previstos

Por Henrique Rodriguez 17 jun 2022, 12h12

Nossa Fiat Strada já está na metade do teste de Longa Duração. Para “comemorar”, foi fazer a revisão dos 50.000 km em seu estado natal: agendamos o serviço na concessionária Dinauto em Teófilo Otoni (MG), a 460 km de Belo Horizonte.

Esta é uma das revisões mais simples: contempla apenas a troca do óleo e do filtro de óleo do motor, mas sabíamos da iminência da necessidade da primeira troca das pastilhas de freio.

Deixamos o carro no meio da tarde, solicitamos que o serviço fosse feito conforme a indicação da fabricante e não houve nenhum tipo de empurroterapia. Ainda solicitamos dois extras: o alinhamento e o balanceamento das rodas e a troca do filtro do ar-condicionado.

Strada Longa Duração
Contrabaixo só entra na Strada se for na caçamba e na diagonal Eduardo Passos/Quatro Rodas

O curioso é que a ordem de serviço já incluía a troca das pastilhas sem sequer termos falado sobre seu desgaste, como se já fosse praxe fazer as trocas nessa parada. Depois, porém, nos ligaram para dizer que realmente seria necessário fazer a troca.

Só retiramos o carro no dia seguinte, sem quaisquer problemas. Mas negamos a lavagem de cortesia, que demoraria mais duas horas. No total, a revisão custou R$ 1.190. Depois, em um olhar mais atento, os itens cobrados chamaram nossa atenção.

Compartilhe essa matéria via:

A nota de peças incluía as pastilhas de freio (R$ 374,45), além do filtro de combustível (R$ 23,16, sendo que não é preconizado nesta revisão) e duas unidades do “Microflex Premium Substancia Ativa Sistema Flex 173”, um aditivo de combustível, ao custo de R$ 81 cada, além do filtro de ar do motor (R$ 79,20), do filtro de óleo (R$ 58,80) e dos 4 litros de óleo do motor (R$ 207,36).

Strada Longa Duração
Pedimos a troca do filtro do ar-condicionado, que não foi trocado nem cobrado Leonardo Barbosa/Quatro Rodas

O filtro do ar-condicionado, que pedimos, não foi incluído. No total, foram R$ 900 de peças, R$ 100 de alinhamento e balanceamento e R$ 190 de mão de obra para a troca das pastilhas.

Continua após a publicidade

E dividindo os valores desta forma, a revisão, que no site da Fiat está tabelada em R$ 580, custou R$ 525,55 mesmo com três itens extras que não estão previstos.

Quando a Fiat Strada retornou a São Paulo, verificamos todos os serviços que a concessionária executou na Fukuda Motorcenter. Os filtros de ar e óleo foram trocados, mas o filtro de óleo colocado foi da marca Wega e não o original.

Longa Strada
O filtro de combustível não deveria ser substituído e de fato isso não aconteceu, mas cobraram por ele na nota fiscal Leonardo Barbosa/Quatro Rodas

O filtro de combustível, que foi cobrado inadvertidamente, não foi trocado e o filtro de ar-condicionado, que não foi cobrado, também não foi substituído e o rodízio dos pneus também não foi feito.

Fica o questionamento: será que realmente colocaram os dois aditivos em nosso carro, no mesmo tanque, ou o que será que foi feito com eles e com o filtro de combustível?

Ao verificar o rodízio, também constatamos que o par de pneus que ainda não foi trocado chegou ao fim da vida útil. Vamos substituí-lo e aproveitar a ocasião para realizar o rodízio devidamente.

Longa Strada
Leonardo Barbosa/Quatro Rodas

Responsável pela missão de mais de 2.200 km, o repórter Eduardo Passos fez alguns apontamentos sobre a nossa Strada.

“Me surpreendeu como ela consegue fazer curva bem, tendo eixo rígido na traseira, mas notei um buraco entre a terceira e a quarta marchas, deixando faltar força para situações de ultrapassagem em rodovias.

O que mais me atrapalhou foi ter que transportar minhas malas no banco de trás, pois o único jeito de levar meu contrabaixo na Strada é colocando o instrumento na caçamba e na diagonal”, explica. 

Nova Fiat Strada – 51.705 km

Ficha técnica:
Versão: Volcano 1.3 8V Cabine Dupla 2020/2021
Motor: 4 cilindros em linha, dianteiro, transversal, 1332 cm3, 8V, aspirado, 109/101 cv a 6.250 rpm, 14,2/13,2 kgfm a 3.500 rpm
Câmbio: manual, 5 marchas, tração dianteira
Seguro: R$ 2.700 (Perfil Quatro Rodas)
Revisões:
Até 100.000 km – R$ 5.752
Gastos no mês: Combustível: R$ R$ 2.486
Revisão: 625,25
Pastilhas: R$ 564,75
Consumo: No mês: 10,9 km/l com 48,9% de rodagem na cidade
Desde fev/21: 12,5 km/l com 34,8% de rodagem na cidade
Combustível: flex (gasolina)

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)