Clique e assine com até 75% de desconto

Longa Duração: barulhos nos freios acompanham o nosso Cruze

Nosso Cruze teve as pastilhas trabalhadas para evitar ruídos quando ainda era zero-quilômetro. Hoje elas chiam nas frenagens. E continuarão assim...

Por Péricles Malheiros Atualizado em 27 fev 2017, 10h03 - Publicado em 27 fev 2017, 10h02

Diferentemente da primeira revisão, aos 10.000 km, realizada em Brasília, desta vez levamos o sedã para a Spassus Jundiaí, a cerca de 40 km da capital paulista.

Diante das inúmeras reclamações de barulhos vindos dos freios e da descoberta de um boletim técnico aberto para a correção do problema, pedimos ao consultor técnico responsável uma verificação de enquadramento do nosso carro no boletim.

Para nossa surpresa, inicialmente fomos informados de que a Spassus não tinha recebido nenhuma nota técnica para o Cruze. Esta só foi localizada depois que fornecemos o número de controle ao consultor. E eis que veio outra surpresa: “O sistema indica que este carro já recebeu a correção das pastilhas recomendada pela fábrica na concessionária Palazzo. Não tenho como executar novamente o serviço”, informou o consultor.

Concluímos, então, que o nosso Cruze passou pela manutenção ainda no pátio da Palazzo, de São Paulo, onde ele foi comprado. Ou seja, mesmo com a ação corretiva aplicada antes de iniciar a rodagem, nosso Cruze manteve o incômodo ruído, que não deve acabar tão cedo.

A manutenção programada saiu por R$ 596, mesmo valor sugerido pela GM. Os serviços de alinhamento, balanceamento e rodízio dos pneus adicionou R$ 150 à conta.

Continua após a publicidade
Moldura cromada reflete a luz do sol
Moldura cromada reflete a luz do sol Eduardo Campilongo

Durante as férias de fim de ano, o Cruze foi utilizado pelo piloto de testes Eduardo Campilongo e pela repórter Isadora Carvalho. O equilíbrio entre suavidade e rapidez continua elogiado, assim como o acerto de suspensão e os abrangentes assistentes à condução. Mas nem tudo são flores.

Eduardo deixou um registro importante no diário de bordo: “A moldura cromada da alavanca de câmbio reflete a luz do sol diretamente nos olhos. Coloquei uma sacolinha de tecido sobre ela para evitar ofuscamento”.

Isadora, por sua vez, criticou os faróis halógenos – xenônio não é disponível nem como opcional: “São muito fracos. Não combinam com um carro com tanta tecnologia”.

Chevrolet Cruze – 20.273 km

Consumo

  • No mês: 8,1 km/l com 20,2% de rodagem na cidade
  • Desde out/16: 8,4 km/l com 18,1% de rodagem na cidade
  • Combustível: etanol

Gastos no mês

  • Combustível: R$ 2.102
  • Revisão: R$ 596
  • Alinhamento: R$ 150

Ficha técnica

  • Versão: LTZ 1.4T
  • Motor: 4 cil., diant., transv., 1.399 cm3, 16V, flex, 153/150 cv a 5.200/5.600 rpm, 25,5/24 mkgf a 2.000/2.100 rpm
  • Câmbio: aut., 6 marchas
  • Continua após a publicidade
    Publicidade