Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fiat Palio Fire Way

Nova versão aposta no estilo aventureiro para aumentar a participação do Palio no mercado

Por Marcio Ishikawa | Fotos Marco de Bari - Atualizado em 8 nov 2016, 21h47 - Publicado em 12 jul 2014, 18h37
impressoes

A Fiat só tem o que comemorar depois que o Palio Fire substituiu o Mille como modelo de entrada a partir deste ano – até abril passado, foram comercializadas 24 546 unidades, quase metade de toda a linha Palio. Mas a marca acredita que esses números podem crescer ainda mais, agora com a chegada da nova versão com estilo aventureiro Way, que é R$ 1 070 mais cara que a Fire Economy de quatro portas.

No visual, o modelo ganha molduras pretas nas caixas de roda, grade cromada com contorno preto brilhante, faróis com máscara negra, espelhos retrovisores e calotas cinza metálico e adesivo “Way” na lateral. Por dentro, ele incorpora conta-giros e bancos com novo revestimento e o nome Way bordado. A carroceria está 1,5 cm mais alta em relação ao solo e, no total, ele está 17 kg mais pesado.

Como o motor é o mesmo 1.0 de 75/73 cv, a Fiat encurtou a relação do diferencial, evitando a perda de desempenho sem precisar alterar o escalonamento das marchas – o carro ficou até um pouco mais esperto nas saídas. Para compensar o aumento no consumo, a quinta foi alongada. Além disso, como o centro de gravidade ficou mais alto, molas e amortecedores foram trocados por um conjunto mais rígido, reduzindo a sensação de rolagem da carroceria.

Antes de se empolgar com o preço, é bom você saber que ele não inclui direção hidráulica e vidros e travas elétricos, opcionais (pacote de R$ 1 897). Se quiser levar o ar-condicionado, precisa levar junto os três itens anteriores – aí o preço salta para R$ 32 144.

VEREDICTO

Comparado à versão Fire Economy, ele é mais agradável de dirigir. Se você gostou do visual, a diferença de preço compensa.

Continua após a publicidade
Publicidade