Clique e assine por apenas 5,90/mês

Comparativo: os automáticos VW Gol e Ford Ka se enfrentam

Como será que dois dos mais populares representantes do segmento de entrada se saem equipados com câmbio automático?

Por Paulo Campo Grande - 29 ago 2018, 16h38
Ford Ka x VW Gol
Hatches ganharam novidades visuais e no conteúdo Christian Castanho/Quatro Rodas

Faz tempo que câmbio automático deixou de ser equipamento exclusivo de carro importado. Entre os sedãs médios nacionais, esse sistema tem presença dominante. Agora, ele chegou de vez ao mercado passando a ser oferecido também nos veículos de entrada.

A maior evidência disso é o duplo lançamento deste mês: VW Gol e Ford Ka em versões automáticas com conversor de torque – e não automatizadas. O Gol é o carro mais popular do Brasil. Ele existe desde 1980 e foi o mais vendido do país por 27 anos sem nunca ter uma opção automática.

O Ka surgiu em 1997 e ganhou a transmissão só neste ano, na linha 2019. Gol e Ka automáticos estreiam junto com seus pares sedãs, Voyage e Ka+, respectivamente.

Aqui, reunimos os rivais de longa data nas versões hatch para descobrir qual dos dois tem mais chances de se sair melhor no mercado usando suas novas armas.

O Gol automático tem versão única de acabamento, equipado com motor 1.6, e com preço básico de R$ 54.580.

O Ka chega em quatro versões: SE, SE Plus, Freestyle e Titanium, sempre com motor 1.5, a partir de R$ 56.490 na versão SE, que enfrenta o Gol no comparativo que você verá a seguir.

2º – VW Gol 1.6 Automático

VW Gol
O hatch estreia com câmbio automático e motor 1.6 de 120 cv, além do visual atualizado com a dianteira da picape Saveiro Christian Castanho/Quatro Rodas

O Gol não ganhou apenas uma nova transmissão automática. Veio junto também o motor EA 211 1.6, o mesmo que equipa o Polo, com 120 cv de potência com etanol (enquanto o EA 111 de 108 cv segue como nas outras versões). O resultado final foi bom. O carro ficou mais esperto e gostoso de dirigir. 

 

Continua após a publicidade

Além de transmissão e motor, a VW aproveitou para atualizar o visual do hatch (e do irmão sedã Voyage), adotando a frente da picape Saveiro.

A principal alteração são os faróis maiores. Mas a troca desses componentes veio acompanhada da grade (também ficou maior) e do capô (com novo recorte). O para-choque dianteiro ganhou novo design com linhas mais retas e entradas de ar na parte inferior. 

VW Gol
Câmbio do Gol tem trocas no modo Manual, na alavanca ou por meio de borboletas no volante Christian Castanho/Quatro Rodas

Por dentro, não houve alterações. O painel tem linhas geométricas predominantemente horizontais, que foram apresentadas em 2016, seguindo o estilo dos lançamentos recentes da marca. Apesar das mudanças, no entanto, na essência, o Gol é o mesmo exemplar da terceira geração, que chegou em 2008, que a VW chamou de G5.

E isso ficou evidente diante do Ka, que estreou na atual geração (a terceira) em 2014 e passou por profundas melhorias na linha 2019. Começa pelo motor 1.5 da Ford, que gera 136 cv com etanol (antes tinha 110 cv). 

 

Continua após a publicidade

Na pista de testes, pode-se dizer que houve equilíbrio na disputa entre Gol e Ka. O Ford foi mais rápido. Nas provas de 0 a 100 km/h ele fez o tempo de 11,1 segundos, enquanto o Gol acelerou em 12,4 segundos (com gasolina).

VW Gol
Painel traz linhas geométricas Christian Castanho/Quatro Rodas

Mas, nas medições de consumo, o VW deu o troco e se mostrou mais econômico com as médias de 12,3 km/l no ciclo urbano e 16,4 km/l no rodoviário, ante as marcas de 11,3 km/l e 14,6 km/l, do Ka, respectivamente.

No dia a dia, porém, a modernidade do Ka se mostrou no melhor comportamento dinâmico, graças a sua maior rigidez torcional, e também nos sistemas tecnologicamente mais avançados, como a direção elétrica com compensação de torque em desníveis, que é mais moderna que a hidráulica do Gol.

1º – Ford Ka 1.5 SE Automático

Ford Ka
A linha 2019 apresenta retoques no visual e melhorias estruturais. Seu motor três-cilindros 1.5 gera 16 cv mais que o do Gol Christian Castanho/Quatro Rodas

Além de ter um projeto mais moderno que o do Gol, o Ka recebeu mudanças importantes na linha 2019.

Entre as melhorias, o Ford ganhou reforços estruturais (com aços de alta resistência em pontos-chave da carroceria), tratamento acústico (com materiais de isolamento na cabine e a instalação de coxins hidráulicos para o motor) e alterações aerodinâmicas (para reduzir consumo e ruídos). 

O resultado desse trabalho foi um carro mais confortável, seguro e gostoso de dirigir. Comparando os sistemas de câmbio do Gol e do Ka, nota-se que ambos têm seis marchas, tecla Sport (que atrasa o momento das trocas deixando para realizá-las em regimes mais altos) e modos de trocas manuais, que no Gol é mais prático.

Ford Ka
No ka, as mudanças manuais ocorrem somente por meio de botão na alavanca Christian Castanho/Quatro Rodas

No VW as mudanças podem ser feitas por meio da alavanca e de borboletas atrás do volante, enquanto no Ford elas ocorrem somente através de uma tecla +/- na lateral da alavanca. 

Analisando a relação de equipamentos dos dois hatches, porém, nota-se que o Ka é mais completo, incluindo entre os itens de série dispositivos que no Gol são opcionais como sistema de som e computador de bordo.

No que diz respeito ao bolso, o Ka é R$ 1.910 mais caro. E o custo de suas revisões também é um pouco maior. Considerando a soma das três primeiras, até 30.000 km, a VW cobra R$ 1.216, enquanto a Ford pede R$ 1.308.

Ford Ka
Sistema de som é item de série Christian Castanho/Quatro Rodas

Ambos têm três anos de garantia. Mas a Ford oferece mais vantagens ao comprador do Ka ao criar progamas de revisões de preço fixo com a possibilidade de estender a garantia em um ou dois anos. Os pacotes podem ser pagos antecipadamente à vista ou financiados.

Tomando como exemplo o pacote mais caro, que contempla cinco revisões e estende a garantia em dois anos (cinco, no total), o valor das revisões do Ka até 50.000 km fica em R$ 2.930, enquanto o do Gol custa R$ 2.299, mas com o carro já fora de garantia (se essa quilometragem for atingida depois de três anos). Pela modernidade, desempenho e nível de equipamentos, o Ka vence o comparativo.

Veredicto

Com o câmbio automático e o motor do Polo, o Gol ficou interessante. Mas o Ka é mais moderno e entrega um conjunto melhor.

Ficha técnica

VW Gol 1.6 Aut. Ford Ka 1.5 SE Aut.
Preço R$ 54.580 R$ 56.490
Motor flex., diant., transv., 4 cil., 1.598 cm3, 16V, aspirado, 120/110 cv a 5.750 rpm, 16,8/15,8 mkgf a 4.000 rpm flex., diant., transv., 3 cil., 1.497 cm3, 12V, aspirado, 136/128 cv a 6.500 rpm, 16,1/15,6 mkgf a 4.750 rpm
Câmbio aut., 6 marchas, tração dianteira aut., 6 marchas, tração dianteira
Suspensão McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.) McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.)
Freios disco vent. (diant.) tambor (tras.) disco vent. (diant.) tambor (tras.)
Direção hidráulica, diâm. de giro 10,9 m elétrica, diâm. de giro 10,9 m
Pneus 195/55 R15 (diant.) 195/55 R15 (diant.)
Dimensões compr., 389,2 cm; largura, 189,3 cm; alt., 147,4 cm; entre-eixos, 246,7 cm; altura livre do solo, 16,3 cm; peso, 1.040 kg; tanque, 55 l; porta-malas, 285 l compr., 394,1 cm; largura, 191,1 cm; alt., 152,5 cm; entre-eixos, 249 cm; altura livre do solo, 16,9 cm; peso, 1.108 kg;  tanque, 51,6 l; porta-malas, 257 l

Teste

VW Gol 1.6 Aut. Ford Ka 1.5 Se Aut.
Aceleração de 0 a 100 km/h 12,4 s 11,1 s
Aceleração de 0 a 1.000 km/h 33,7 s – 155,5 km/h 32,9 s – 156,7 km/h
Retomada de 40 a 80 km/h 5,6 s 4,9 s
Retomada de 60 a 100 km/h 7,2 s 6,6 s
Retomada de 80 a 120 km/h 9 s 8,3 s
Frenagem 60/80/120 km/h 14,6/25,3/57,4 m 14,6/27/61,3 m
Consumo urbano 12,3 km/l 11,3 km/l
Consumo rodoviário  16,4 km/l 14,6 km/l

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Publicidade