Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Conheça quatro novas marcas de carro que chegam ao Brasil em 2024

O Brasil está nos planos de várias montadoras asiáticas. Descobrimos algumas com chegada confirmada e iminente para te contar tudo que vem por aí

Por Eduardo Passos, Henrique Rodriguez
1 jan 2024, 21h50

Em 2023, várias marcas chinesas anunciaram sua chegada em breve ao Brasil. É o caso de Omoda e Jaecoo (grupo Chery), Yangwang (submarca de superesportivos da BYD) e Poer e WEY (ambas da GWM, focadas em picapes e carros premium, respectivamente).

Mas QUATRO RODAS descobriu que ainda há outras novidades a caminho: existem mais três chinesas e uma outra vietnamita de malas prontas para desembarcar aqui. Todas trazendo veículos elétricos, mas com planos estratégicos diferentes.

VINFAST

A estreante mais curiosa de todas é a VinFast, fundada em 2017 como parte do esforço do Vietnã em ter suas empresas campeãs nacionais. A pouca idade foi compensada por planos ambiciosos, que envolveram a contratação de altos executivos e mais de 50 brasileiros vindos de marcas ocidentais e acordos de comércio e tecnologia com BMW e General Motors.

2024-VinFast-VF-7
Vinfast VF7 (VinFast/Divulgação)

Atualmente, a VinFast só produz carros elétricos. Os principais são os SUVs VF6, VF7, VF8 e VF9, que crescem em tamanho e performance em ordem numérica. Dentro de pouco tempo, ao menos um membro dessa família estará nas ruas brasileiras, pois a marca já trabalha pesado para iniciar suas operações aqui.

No LinkedIn, a vietnamita abriu vagas em São Paulo para vários cargos de gerência. Explicitamente, são os primeiros passos para se estabelecer no país, com promessa de boa remuneração para atrair talentos. É provável que a VinFast lance modelos como o VF7: um SUV médio prestes a ser fabricado e que, com um ou dois motores, varia entre 177 e 354 cv e pode exceder os 430 km de autonomia.

Anúncio de vagas de emprego da VinFast no Brasil foi publicado no final de 2023
Anúncio de vagas de emprego da VinFast no Brasil foi publicado no final de 2023 (Linkedin/Reprodução)

O pequenino VF3 (de 3,11 m de comprimento e 136 cv) ou um SUV compacto como o VF e34 também teriam espaço. E o que pode ser um trunfo importante é o recente acordo de livre-comércio entre o Mercosul e Singapura: a marca concentra parte de suas operações na cidade-estado, podendo aproveitar de generosa isenção fiscal.

Continua após a publicidade
Vinfast já chegou aos Estados Unidos, onde está construindo uma fábrica
Vinfast já chegou aos Estados Unidos, onde está construindo uma fábrica (VinFast/Divulgação)

Mas os desconfiados têm argumentos fortes. Em 2023, a VinFast chegou com tudo aos Estados Unidos, até construindo uma fábrica no país. Lá já são comercializados os grandões VF8 e VF9, mas o fracasso de público e crítica foi retumbante. Além das vendas ruins, houve certa unanimidade na imprensa local ao avaliá-los como alguns dos piores carros à venda no país.

2024-VinFast-VF-8 e 9
Vinfast VF8 e VF9 (VinFast/Divulgação)

Questões como design e conforto foram elogiadas, mas não faltaram relatos de problemas, que vão do ar-condicionado, que só funciona em uma temperatura, a freadas bruscas feitas repentinamente pelo computador do veículo.

ZEEKR

Mais experiente é a Zeekr, que, apesar de pouco conhecida, é irmã de gigantes como Volvo e Lotus. Todas pertencem ao imenso grupo Geely, cujos carros sob seu próprio nome foram importados para o Brasil entre 2014 e 2018, com modelos a combustão desajeitados e de pouco sucesso.

Zeekr 001 AWD Privilege
O 001 foi desenhado por ex-designer da Bentley (Divulgação/Quatro Rodas)

Hoje, a Geely atua mais como uma holding. Uma das suas especialidades é aproveitar estruturas e profissionais de grandes marcas europeias e alinhá-los ao que os chineses fazem como ninguém — principalmente baterias
e motores elétricos. Assim, é possível realizar projetos que servem a diferentes marcas e têm mais capilaridade.

Descobrimos a Zeekr também pelo LinkedIn, mas a reportagem conseguiu um encontro pessoal com Charles Wang, o chefão das operações brasileiras. Wang confirmou planos de lançamento já neste ano, com dois modelos.

Continua após a publicidade
Zeekr X
Zeekr X (Zeekr/Divulgação)

Um deles é a perua Zeekr 001, cujo design é assinado pelo escritório da marca e da Volvo em Gotemburgo e tem versões impressionantes, incluindo a esportiva 001 FR – quadrimotor de 1.265 cv e 130,5 kgfm. Também há série limitada com bateria de 140 kWh, que supera os 1.000 km de autonomia.

Compartilhe essa matéria via:

São variantes caríssimas, que não devem chegar à América do Sul. Quem vem é a Zeekr 001 mais simples (mas nada modesta), com um motor em cada eixo, tração integral, 544 cv, 70 kgfm e 580 km de autonomia. Trata-se de um veículo de luxo, que poderia superar a faixa dos R$ 400.000.

Zeekr X
Zeekr X (Zeekr/Divulgação)

Bem mais em conta é o SUV compacto Zeekr X, feito sobre a mesma plataforma do Volvo EX30, que já está em pré-venda no Brasil. Dadas as semelhanças estruturais, fica fácil notar que a chinesa se difere no apelo tecnológico menos sóbrio, com estética e bugigangas que devem agradar os mais jovens.

Entre elas, há a tela multimídia de 14,6”, que desliza pelo painel e pode se alinhar ao passageiro da frente. O console central traz, em seu baú, um refrigerador capaz de manter as bebidas bem geladas e opcionais transformam o X em uma barraca de camping energizada, com espaço para colchões e energia para equipamentos diversos.

Zeekr 007
Zeekr 007 promete recarga mais rápida do mundo (Zeekr/Divulgação)

Duas configurações do Zeekr X estão confirmadas: a monomotor de tração traseira e 272 cv e outra bimotor de tração integral, com 428 cv e prometendo ir de 0 a 100 km/h em 3,9 s. Com uma bateria de 60 kWh, a autonomia declarada varia entre 512 e 560 km no otimista ciclo chinês.

Continua após a publicidade
Zeekr 001 AWD Privilege
Zeekr 001 (Divulgação/Quatro Rodas)

Na Alemanha, onde X e EX30 já são vendidos, o Zeekr é mais caro que o Volvo. É importante citar que em nosso mercado as operações serão distintas, mas, caso os preços se correlacionem, o SUV chinês poderia chegar aos R$ 300.000.

RADAR

De acordo com Wang, há estudos para trazer a caçula da Geely ao Brasil. Ainda mais desconhecida, estamos falando da Radar, voltada exclusivamente para veículos elétricos com pegada off-road. Mesmo na China, sua proposta é nova. Mas, outra vez, a expertise de tantas marcas vem sendo usada com fartura para entregar produtos promissores.

Radar RD6
Radar RD6 (Divulgação/Radar)

Outros lançamentos vêm em breve, mas a estreia em nosso mercado seria feita, naturalmente, pela Radar RD6. Até agora o único produto da marca, essa é uma picape com aparência de Chevrolet Montana, mas que é maior do que uma Toyota Hilux.

O compartimento de baterias tem papel estrutural, possibilitando o uso de carroceria monobloco. A caçamba é completada pelo porta-malas dianteiro sob o capô e, além de energizar instrumentos de camping, a RD6 ainda pode reabastecer outros EVs.

Radar RD6
(Radar/Divulgação)

Há três opções de bateria, e a maior provê alcance declarado de 632 km. Só há uma opção de powertrain, com motor traseiro de 272 cv e 39,2 kgfm. A falta de tração integral é uma falha, assim como a capacidade de carga de 450 kg (ainda que reboque 3 t).

Continua após a publicidade

O primeiro aspecto deve ser corrigido com nova versão, que somará um motor ao eixo dianteiro e, além da tração nas quatro rodas, potência e torque devem ir para mais de 400 cv e 70 kgfm.

HOZON

Outra fabricante chinesa que iniciou o processo de contratação de executivos para atuarem no Brasil foi a Hozon. A montadora está de olho em profissionais com experiência em diferentes áreas do setor automotivo e que já trabalharam em outras empresas do ramo. 

Hozon Neta GT
Hozon Neta GT (Hozon/Divulgação)

A Hozon também já registrou seu primeiro carro no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Trata-se do Neta GT e aqui vale explicar que ‘Neta’ é uma das marcas da montadora. O modelo é um cupê esportivo de quatro lugares, com linhas curvas, faróis afilados e uma traseira que lembra o do Tesla Model 3, um de seus rivais no mercado chinês.

Na China, o Neta GT é vendido em diferentes versões. Basicamente, as variantes dividem-se entre aquelas com um e dois motores. As mais simples, podem ter a opção de bateria de 64,27 kWh e alcance de 560 km ou então um pacote de 74,48 kWh para chegar aos 660 km de autonomia. Nos dois casos, a potência é de 231 cv e o torque de 31,6 kgfm.

Neta GT
(Hozon Auto/Divulgação)

Enquanto isso, o modelo bimotor tem 462 cv e 63,2 kgfm e pode ir de 0 a 100 km/h em cerca de 3,7 s. A bateria é de 780 kWh e pode andar até 580 km com apenas uma carga.

Continua após a publicidade
Neta GT
(Hozon Auto/Divulgação)

Apesar de estreante no Brasil, a Hozon já é conhecida no Uruguai. A montadora atua no país vizinho há cerca de dois anos e, de acordo com seu site, vende apenas o SUV U Pro, que na China também é vendido pela marca Neta. O SUV tem 163 cv e 21,4 kgfm, além de uma bateria de 58 kWh que garante 400 km de autonomia, de acordo com o ciclo NEDC, e pode ser carregada de 30 a 80% em 30 minutos. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.